Melhore os resultados do e-commerce com a psicologia das cores

Deixar um comentário

Não é novidade que o marketing lança mão de inúmeros recursos – principalmente os que têm apelo visual – a fim de persuadir e influenciar a experiência de compra dos consumidores. Para alcançar esse objetivo, um dos elementos mais importantes é a psicologia das cores, capaz de estimular os clientes conforme o objetivo da marca. No e-commerce, não é diferente.

Quem deseja alavancar as vendas no comércio eletrônico precisa ter em mente que as cores utilizadas em logos de marcas, produtos e sites, devem ser elencadas propositalmente. Isso porque cada uma delas desempenha um papel importante: evoca percepções específicas entre os consumidores.

psicologia das cores
Psicologia das cores influencia visão dos consumidores sobre os produtos. Foto: iStock, Getty Images

Enquanto o azul passa a imagem de confiança, o amarelo desperta o otimismo, e assim por diante. Mas essas associações, embora possam nortear a estratégia de marketing, não devem ser levadas como regras universais – apenas constatam as emoções que determinadas cores provocam na maioria das pessoas.

O fato é que, apesar de inúmeras pesquisas mapearem a psicologia das cores, a influência delas nos consumidores varia de acordo com as experiências que cada pessoa teve no passado. Portanto, uma alternativa eficaz é escolher a cor mais adequada à personalidade que a marca quer passar aos clientes.

“As empresas deveriam decidir como elas querem que os consumidores se sintam quando pensam nelas. As cores do site, do logo e das embalagens transmitirão muito sobre a personalidade da marca”, explica a psicoterapeuta Amy Morin.

Segundo ela, as marcas podem mostrar que são mais tradicionais utilizando cores neutras, ou que são contemporâneas a partir do uso de cores brilhantes, por exemplo.

Como a psicologia das cores afeta as vendas

Motivos não faltam para considerar a psicologia das cores antes de elaborar a identidade das marcas e as campanhas de marketing. De acordo com a Kissmetrics, 93% dos consumidores colocam a aparência visual acima de outros fatores na hora de comprar. Além disso, 85% deles têm em mente a cor como razão primária pela qual eles adquirem um produto em particular.

Além disso, quando se trata da imagem da empresa, segundo o levantamento, a cor utilizada é responsável por aumentar em 80% o reconhecimento da marca. Observando esses índices, é possível perceber a importância da psicologia das cores na hora de criar a identidade visual do negócio.

A influência da psicologia das cores

Amy menciona que as cores evocam sentimentos e que, por isso, vendedores deveriam considerar como eles querem que os consumidores se sintam enquanto estiverem comprando os produtos. “Enquanto alguns itens são mais vendidos quando as pessoas se sentem animadas, por exemplo, outros estão mais propensos a isso quando elas têm a sensação de paz”.

Veja, abaixo, alguns sentimentos que os tons mais conhecidos podem transmitir.

psicologia das cores

Escolhendo as cores para o e-commerce

“Os vendedores deveriam considerar tudo, desde as cores da página inicial ao carrinho de compras. Azul, por exemplo, que é utilizado por companhias como Facebook e Paypal, é associado à confiança. Então, pode contribuir para que as pessoas enxerguem sua marca como uma empresa confiável”, afirma Amy.

Segundo a psicoterapeuta, os vendedores precisam conhecer os clientes. “Rosa e roxo, por exemplo, chamam mais a atenção de mulheres do que de homens. Saber quem é a audiência pode garantir que você crie uma página que irá se sobressair aos olhos dos consumidores”, constata.

Além disso, ela sugere que empreendedores experimentem diversos esquemas de cores. “Crie um site com cores diferentes e peça um feedback para amigos, família e clientes. Isso pode ajudar a diminuir as opções, auxiliando na hora de escolher a melhor alternativa”, recomenda.

Coloque em prática

Agora, você tem uma noção de como a psicologia das cores influencia nas vendas, seja de um e-commerce ou de uma loja física. Que tal colocar esse recurso em prática para persuadir os consumidores? Analisando as cores e a imagem que elas passam da marca, é possível atrair o público-alvo.

As dicas do artigo foram úteis? Então, compartilhe com amigos e colegas. Aproveite para deixar sua opinião em um comentário na página.

Matérias relacionadas

Publicidade audiovisual na web: descubra como se destacar

Montagem da vitrine: saiba como atrair mais clientes

Confira 5 perguntas para você conhecer seu público-alvo

Ebook é arma do marketing digital para atrair clientes