Reforma de imóvel: 4 dicas para renovar sua empresa gastando menos

Deixar um comentário

Paredes trincadas, decoração desatualizada, tinta desbotando: chegou a hora de fazer a reforma do imóvel da empresa. De grande importância tanto para o público interno como externo – funcionários e clientes –, a reforma exige atenção e planejamento para ser bem-sucedida.

Mas como garantir a qualidade do trabalho gastando pouco? Neste artigo, você vai conhecer algumas dicas simples para economizar na hora da reforma, desde a escolha dos materiais à execução. Pegue o bloco de anotações e boa leitura!

reforma de imóvel
Primeiro passo é definir o melhor período para a reforma do imóvel. Foto: iStock, Getty Images

Quando fazer a reforma de imóvel

Antes de detalhar as dicas, é preciso definir o melhor momento para executar a reforma. A decisão pode interferir no sucesso do projeto e também na produtividade da empresa. Basicamente, é preciso levar em conta dois aspectos: tempo previsto para execução da obra e períodos críticos na rotina anual da empresa.

Em primeiro lugar, reúna-se com a equipe responsável pela reforma e calcule o tempo necessário com uma margem de erro razoável, considerando imprevistos como intempéries, atraso na entrega dos materiais e retrabalho.

Depois, é hora de analisar o calendário da empresa. Qual o momento em que menos pessoas estão trabalhando? Que setor seria mais afetado pela obra? É possível transferir essas pessoas para outro local ou executar a reforma sem abalar a produtividade? Uma solução simples é organizar férias coletivas e planejar a reforma para esse período.

4 dicas para gastar menos na reforma de imóvel

Confira, a seguir, quatro dicas para reformar o imóvel da sua empresa gastando menos:

1. Dê preferência para especialistas

A primeira dica pode parecer contraditória, afinal quanto mais especializado é o profissional, mais ele costuma cobrar. Mas lembre-se que muitas vezes o barato sai caro literalmente. Ao lidar com pessoas com experiência comprovada na execução de projetos semelhantes ao seu (conhecer pessoalmente esses projetos é uma boa ideia), você economiza tempo e evita retrabalho.

Contratar uma equipe estreante e sem referências pode ser atraente em um primeiro momento, pelo orçamento reduzido, mas a decisão pode custar caro durante o andamento da obra, ou na sua manutenção posterior. Se você tem prazo apertado, o ideal é reduzir os riscos.

2. Tenha o cronograma como base

Além de permitir acompanhar a reforma em detalhes, prevendo futuros gargalos e antecipando-se a eles, o cronograma evita que você perca o controle sobre a obra. Outra consideração interessante é vincular a remuneração dos funcionários à entrega no prazo estipulado.

3. Diversifique os fornecedores

Aqui, o fundamental é pesquisar. Com a equipe de trabalho, defina quais materiais são necessários e qual variação de qualidade pode ser aceita sem prejudicar o resultado final. Depois disso, é hora de varrer o mercado, recorrer à internet e negociar o máximo possível para garantir o melhor preço.

4. Defina prioridades

Para finalizar, é preciso lembrar que uma das melhores maneiras de economizar na reforma de imóvel é definir prioridades para o projeto. O que é realmente essencial? O que é dispensável? Será que você precisa de um design diferenciado para a torneira do banheiro? Na iluminação, importa mais a eficiência energética ou o estilo? Você está aproveitando bem a luz natural?

Gostou das dicas? Então ajude a divulgar o artigo compartilhando o link com seus seguidores nas redes sociais. Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias.

Matérias relacionadas