7 dicas para aumentar o número de visitas no site da sua empresa

Deixar um comentário

Ampliar o número de visitas no site da empresa é a ambição de todo empresário que investe no meio digital. A razão é simples: quanto mais pessoas chegarem à página, maior será a conversão de tráfego em clientes. Só que a execução dessa tarefa é muito mais complexa do que a idealização.

Além de exigir conhecimento aprofundado de SEO (Search Engine Optimization), atrair mais visitantes requer domínio das ferramentas de marketing digital. A boa notícia é que há alternativas que não requerem a ajuda de especialistas. Neste artigo, vamos ensinar algumas estratégias simples para que você melhore a performance do seu site. Apanhe o bloco de anotações e boa leitura!

visitas no site
Dominar as ferramentas de marketing digital é condição para quem deseja mais visitas ao site. Foto: iStock, Getty Images

Criar conteúdo é a base do marketing digital

Antes de continuar, é preciso explicar que a criação de conteúdo é o principal caminho para construir um site relevante, que seja bem ranqueado pelos buscadores (Google, Bing, Yahoo, etc.), e atraia visitantes de forma sistemática.

Quem afirma isso são os especialistas em marketing digital ao redor do mundo, conforme atestou a pesquisa Search Engine Optimization Survey Summary Report, realizada em junho de 2015 pela Ascend2. Ao serem questionados a respeito da estratégia mais efetiva de SEO para atrair usuários, os entrevistados elencaram, como as cinco prioridades:

  1. Criação de conteúdo relevante: 72%
  1. Pesquisa de palavras-chave: 48%
  1. Atualizações frequentes do site: 34%
  1. Links internos: 33%
  1. Campanhas em redes sociais: 28%

Além de melhorar o ranqueamento em buscadores, criar conteúdo relevante relacionado ao seu nicho de atuação permite que você se estabeleça como uma autoridade no assunto, aumentando a credibilidade dos produtos e serviços relacionados à empresa.

7 dicas para aumentar o número de visitas

Listamos, a seguir, sete dicas simples para que você impulsione os acessos ao site da sua empresa. Confira:

1. Melhore a responsividade do site

Sites responsivos, cujo conteúdo se adapta a diferentes dispositivos mobile de forma leve, rápida e simplificada, são valorizados pelos buscadores, com destaque para o Google. Assim, vale a pena modificar a estrutura do site da sua empresa para torná-lo tão responsivo quanto possível.

2. Satisfaça o usuário

Um dos principais critérios para o ranqueamento das páginas é a satisfação do usuário. “O Google consegue medir quão satisfeitos os usuários ficaram com os resultados. O principal sinal ocorre quando o usuário clica em um resultado e não retorna às pesquisas”, escreveu Stephen Levy no livro In the Plex: how Google thinks, works and shapes our lives. Assim, sua missão é identificar os problemas do público-alvo e desenvolver um conteúdo capaz de solucioná-los.

3. Aumente a velocidade de resposta do site

A velocidade do site está relacionada à satisfação dos usuários com a experiência virtual, e trata-se de um dos únicos critérios de ranqueamento confirmados pelo próprio Google. Portanto, vale a pena conversar com os programadores para tornar o site tão ágil quanto possível.

4. Crie títulos atrativos para os artigos

Um título criativo pode fazer a diferença, como você provavelmente já reparou navegando pelo BuzzFeed. Pense em diferentes possibilidades antes de escolher e não deixe de conferir as palavras mágicas: “você”, “novo”, “grátis” e “garantido”.

5. Trabalhe com links internos e incentive links externos

Encorajar terceiros a colocar links para a sua página é uma das tarefas mais complexas – e entendiantes – dos profissionais de SEO. Por isso, a dica é construir um conteúdo tão relevante que seja naturalmente compartilhável e consiga viralizar. Quanto maior o número de links externos para a sua página, maior a relevância dela para o Google.

6. Divulgue o conteúdo nas redes sociais

Quando bem utilizadas, as redes sociais podem se transformar em um canal de comunicação efetivo para a sua empresa. Crie uma estratégia para as principais redes sociais voltadas ao seu ramo de atuação e não exclua a possibilidade de investir em anúncios pagos para chegar até o público-alvo.

7. Não esqueça do e-mail marketing

O e-mail continua vivo, e ignorá-lo pode ser um erro fatal para a sua empresa. Crie mecanismos para capturar os endereços de e-mail dos seus clientes – de forma transparente, é claro – e estabeleça uma regularidade para o envio de uma newsletter que seja relevante.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus seguidores nas redes sociais.

Matérias relacionadas:

Veja 4 dicas de SEO para pequenas empresas

SEO ou Adwords? Descubra qual a melhor alternativa para a sua empresa

Link building: saiba o que é e como construir a estratégia

Site mobile ou aplicativo? Saiba como escolher

Presença online: 7 erros que devem ser evitados no site da empresa