Conheça a Agent Piggy, startup que oferece educação financeira para crianças

Deixar um comentário

Poupar e utilizar o dinheiro com responsabilidade são as principais lições de educação financeira que se pode dar a um filho. Mas fazê-lo entender realmente do que você está falando é muito difícil, principalmente no caso de crianças pequenas. Para tornar essa tarefa mais fácil surgiu a Agent Piggy, startup chilena que ensina aos pequenos hábitos econômicos saudáveis.

A plataforma, que surgiu em 2010, funciona como um banco virtual, em que pais e filhos trabalham em conjunto. O objetivo da Agent Piggy é ensinar às crianças como poupar, ganhar e doar dinheiro, tudo isso por meio de um site lúdico, que tem um porquinho como mascote.

A plataforma inovadora, a primeira do tipo na América Latina, levou a startup a ser finalista da The Nex Web Conference Latin America. Além disso, foi ganhadora de prêmios como o Parent Tested Parent Approved.

agent piggy
Agent Piggy surgiu a partir da concepção de uma necessidade – ajudar na educação financeira para crianças. Foto: iStock, Getty Images

Como funciona a Agent Piggy

Disponíveis em inglês, espanhol e português, os recursos da plataforma permitem que as crianças estabeleçam metas, como a compra de brinquedos ou jogos. Depois, elas podem gerenciar ações para ganhar determinada quantia de dinheiro dos pais. Tarefas como arrumar o quarto e lavar a louça são opções. Enfim, quando os pequenos arrecadam o valor necessário, que é depositado na conta Agent Piggy, podem efetuar as compras.

Além disso, a plataforma oferece outra funcionalidade: por meio dela, as crianças podem doar parte de suas economias para instituições de caridade, ou podem pedir dinheiro emprestado para os pais e pagar pela quantia posteriormente.

Para utilizar a plataforma, que também oferece dicas de finanças, os usuários podem fazer um teste gratuitamente por 30 dias. Depois, há vários planos mensais. Por apenas um mês, por exemplo, o valor é de US$ 5,50.

Agent Piggy: desenvolvimento da ideia

A startup chilena foi criada por dois empreendedores. Um deles, Pablo Ambram, economista da Universidade de San Andrés, na Argentina, desenvolveu a ideia a partir da constatação de uma necessidade enquanto estava nos Estados Unidos.

Ao perceber as consequências da crise econômica desencadeada em 2008 para as pessoas que cultivavam hábitos financeiros ruins, começou a pensar no empreendimento, que hoje já conquistou reconhecimento no mercado.

Em 2010, o projeto foi concebido com a ajuda do Founder Institute, na Califórnia. Dois anos depois, Maritza Lanas, co-fundadora, passou a fazer parte da equipe.

Em entrevista ao site Ebanking News, Ambram disse que a empresa acredita que a educação financeira é uma parte essencial na formação de uma criança, que permite que ela tome decisões de investimento e economia melhores no futuro.

Reconhecimento em prêmios

Selecionada em 2011 pela aceleradora Start-Up Chile, a empresa ganhou um subsídio no valor de US$ 40 mil. Além desse, outros prêmios de reconhecimento foram conquistados pela Agent Piggy.

No mesmo ano, a startup foi selecionada pelo concurso promovido pela Telefonica, o Mivostar Innova, e pelo Desafio BBVA Innova 2011, realizado pelo banco BBVA. Em 2012, foi uma das dez startups destacadas pelo concurso Wayra, além de ser escolhida como a startup chilena do ano pelo The Next Web Awards.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus amigos nas redes sociais.