Conheça o Captio, software espanhol de gestão financeira

Deixar um comentário

Papel, caneta, anotações confusas, comprovantes espalhados e a vida financeira de sua empresa depositada em dúzias de planilhas, atualizadas manualmente. Esse roteiro é familiar para muitos negócios, especialmente para os pequenos, que ainda precisa organizar processos com equipes enxutas. A startup espanhola Captio desenvolveu uma solução voltada a esse público, oferecendo a perspectiva de substituir instrumentos menos precisos por um sistema integrado e acessível. Tão ou mais interessante do que isso: levantou € 4,5 milhões em investimentos desde 2013 e processa milhões de documentos eletrônicos por ano…

O que faz o Captio

O software da Captio ajuda as empresas e seus funcionários a controlar melhor seus gastos e descobrir novas oportunidades para poupar dinheiro. A partir de um processo integrado de gestão de despesas em um único fluxo, promete eliminar a exigência de papéis e tarefas manuais e diminuir o risco de prejuízo por erros ou fraudes.

Captio
Aplicativo para digitalizar despesas a partir da câmera do smartphone e painéis de controle automatizados com gráficos de KPIs estão entre os principais atrativos do software da Captio. Foto: iStock, Getty Images

Aplicativo para digitalizar despesas a partir da câmera do smartphone e painéis de controle automatizados com gráficos de KPIs estão entre os principais atrativos do software da Captio. Foto: iStock, Getty Images

A ferramenta realiza todo o processo em um único ambiente digital, controlado e eficiente. O Captio foi a primeira plataforma espanhola a receber a homologação de solução para gestão de gastos de viagem, ainda em 2013, da Agência Tributária da Espanha (AEAT).

O principal diferencial da solução é um aplicativo para smartphones, desenvolvido para inserir dados no sistema. Com a câmera dos dispositivos móveis, é possível digitalizar automaticamente as despesas, diretamente de notas fiscais e comprovantes. Depois de fotografá-las, o aplicativo usa recursos de reconhecimento de texto a partir das imagens (OCR, na sigla em inglês para optical character recognition), e ainda permite que o usuário classifique o gasto conforme o caso. A partir daí, a informação pode ser acessada nos demais módulos, por outros usuários.

A ferramenta reduz – ou até elimina, dependendo do caso – a necessidade de digitar ou escrever os dados de cada pagamento efetuado. O aplicativo está disponível para os principais sistemas operacionais: iOS, Android, Blackberry e Windows Phone.

O foco da solução está na parte financeira da empresa: compras, classificação de gastos, deduções tributárias, centros de custo, além de relatórios apresentados em painéis de controle intuitivos, com os principais KPIs do negócio. Por causa desse foco, o sistema possui integrações nativas com outros sistemas de mercado, como SAP, SalesForce, Oracle, entre outros.

Sucesso em 10 países

Alguns números demonstram o sucesso da solução, que se expande para fora da Espanha: além de ser o primeiro software a receber a homologação da AEAT, também foi o primeiro a ter um sistema de registro de gasto de viagens automatizado. Fundado por quatro empreendedores, hoje o sistema está presente em 10 países, incluindo França, Itália, Reino Unido e Chile.

São mais de 5 milhões de documentos processados por ano, gerados pelos mais de 20 mil usuários do Captio. O faturamento de 2014, de acordo com informações da própria marca, aumentou em cinco vezes na comparação com o ano de 2013. O investimento obtido também impressiona: foram mais de € 4,5 milhões de euros desde a fundação, sendo € 3,5 milhões de capital privado e mais € 1 milhão de investimentos públicos.

Entre as marcas que utilizam a ferramenta, estão empresas de grande porte e reconhecidas mundialmente, como a Telefônica, a BBVA, o Carrefour e a Petronas. Os custos para implementar o sistema variam conforme o número de pessoas que emitem notas de gastos. O preço inicial é de € 7,95 euros ao mês. Acesse o site da marca para conhecer a opção mais adequada para sua necessidade.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus amigos nas redes sociais.

Matérias relacionadas:

Aplicativo para empresa: conheça 4 casos de sucesso

Site mobile ou aplicativo? Saiba como escolher

Saiba como otimizar alcance do seu aplicativo na App Store

8 ferramentas para a gestão do próprio negócio