Fundador do PayPal revolucionou o mercado eletrônico

Deixar um comentário

Depois de criar a empresa que originou o Paypal em 1999 e faturar milhões com sua venda três anos depois, o sul-africano Elon Musk investiu até o último centavo em foguetes espaciais e carros elétricos que, por muito pouco, não consumiram toda a sua riqueza na crise de 2008.

Mas a aposta deu resultado. Com suas empresas, o hoje multibilionário revolucionou o comércio eletrônico, a indústria espacial, a indústria automobilística e serviu de inspiração para o Homem de Ferro dos cinemas.

Antes do Paypal

A primeira companhia criada por Musk foi a Zip2 Corporation, fundada em 1995. Musk tinha apenas 24 anos quando, ainda na Universidade de Stanford, criou a empresa.

Paypal
Trabalhar muito e atrair gente talentosa para o seu negócio são dicas preciosas. Foto: iStock, Getty Images

A Zip2 fornecia conteúdos para sites de notícia, como o New York Times e o Chicago Tribune. Em troca de um investimento de 3,6 milhões de dólares, Musk optou por vender o controle majoritário da empresa para um grupo de investidores. Aos 28 anos, era milionário.

Em 1999, no boom da internet, Musk criou sua segunda empresa, a X.com, com 10 milhões de dólares de investimento. A X.com oferecia um método seguro de transferência de dinheiro usando um endereço de email do destinatário.

O Paypal e a revolução no comércio eletrônico

No ano 2000, Elon Musk e a X.com compraram a Confinity, com a ideia de formar uma empresa de negócios sem fronteiras, livre de controle de governos. A empresa possuía o método de processos de transferência de dinheiro pela internet chamado Paypal.

Com a aquisição, o nome da companhia mudou para X.com/Confinity Paypal, e a empresa deixou de lado o foco bancário online para se concentrar em se tornar um provedor de transferência global. No ano de 2002, o eBay comprou o Paypal por um bilhão e meio de dólares, e Musk ganhou mais de 160 milhões de dólares com a transferência.

Depois do Paypal, a ambição de Musk ganhou dimensões ainda maiores. Em 2002, deu início a uma empresa chamada Space Exploration Technologies, também conhecida com SpaceX, a fim de desenvolver tecnologia para foguetes espaciais. Praticamente ao mesmo tempo, fundou a Tesla Motors, responsável pelo desenvolvimento de veículos elétricos, e a Solar City, especializada na área de energia fotovoltaica.

Um ano de depressão econômica

Em 2008, no auge da crise econômica mundial, quando os Estados Unidos passaram por um forte período de recessão, Musk quase viu suas duas empresas falirem. A Tesla Motors não deslanchava, e a SpaceX, literalmente, não decolava.

Todas as economias do milionário foram investidas nesses projetos em busca de uma redenção final. “Este foi definitivamente o pior ano da minha vida”, disse no ano passado Musk para o 60 Minutes, do canal norte-americano CBS.

Lançamentos bem-sucedidos da SpaceX e da Tesla, porém, revigoraram completamente as empresas. Hoje, Musk possui patrimônio avaliado em 7,7 bilhões de dólares, segundo a Revista Forbes.

Dicas de Elon Musk para empreendedores

Em um discurso para calouros da faculdade de negócios da Universidade do Sul da Califórnia, nos Estados Unidos, em maio de 2014, Elon Musk deu algumas dicas que considera valiosas para quem quer montar o seu negócio.

Confira quatro das principais:

Trabalhe muito. Todas as horas em que você estiver acordado, especialmente se você estiver começando um negócio. Se você trabalha 100 horas por semana e o seu concorrente trabalha 50, você terá feito em seis meses o que ele levará um ano para realizar.

Atraia pessoas talentosas. Uma empresa é uma reunião de pessoas. O resultado será determinado por quão talentosas e trabalhadoras essas pessoas são.

Pergunte-se regularmente: esses esforços ou investimentos estão melhorando o nosso produto ou serviço? Se não estiverem, mude o foco.

Não siga tendências. Ao decidir, reduza o problema a sua essência e parta daí para encontrar a solução. Não faça apenas o que os outros estão fazendo.

Comentários

  1. Ju Guerra dice:

    Este homem sim tem visão. Facilitou o pagamento entre países no mundo todo!