4 dicas para montar um restaurante natural

Deixar um comentário

Cada vez mais consumidores estão se dando conta que comer bem é, além de satisfazer o paladar, escolher opções saudáveis e sustentáveis na alimentação. Comida orgânica, vegetariana, light ou sem glúten são opções muito procuradas hoje em dia. Por isso, abrir um restaurante natural pode ser uma ótima ideia de negócio. Veja as dicas para montar um negócio desse tipo.

O mercado da alimentação natural

O setor de alimentos e bebidas, especificamente o segmento natural, obteve, nos últimos seis anos, um crescimento de 82%, de acordo com pesquisa de mercado elaborada pelo Euromonitor. De 2004 a 2009, o faturamento do segmento no mercado brasileiro saltou de US$ 8,5 bilhões para US$ 15,5 bilhões.

Outro dado a favor os alimentos naturais é que 40% da população brasileira está acima do peso e 80% dos jovens afirmam em pesquisas que procuram alimentos mais saudáveis e naturais.

Geralmente, um restaurante natural tem um cardápio ovo-lacto-vegetarianos. Isso quer dizer que não serve carne, mas tem opções com ovos e latícinios. Alguns deles ainda têm opções para os veganos, aquelas pessoas que não comem nada de origem animal. Mas também é possível criar um estabelecimento que ofereça opções saudáveis de carne, como frutos do mar, por exemplo.

Esse mercado é animador. Um pesquisa do Ibope mostra que pelo menos 8% da população das principais capitais e regiões metropolitanas brasileiras se declara vegetariana. Em Fortaleza, no Ceará, 14% da população afirma ser vegetariana, maior percentual entres as capitais e regiões metropolitanas pesquisadas.

Em seguida aparece Curitiba, no Paraná, com 11% de seus moradores adeptos ao vegetarianismo. Já Brasília, no Distrito Federal, Recife, em Pernambuco, e a capital do Rio de Janeiro têm 10% da população vegetariana. Em Belo Horizonte, em Minas Gerais, o percentual é de 9%.

salão de refeições de um restaurante natural
Um restaurante natural deve ter uma área para acomodar um salão para refeições. Foto: iStock, Getty Images

Como montar um restaurante natural

Sabendo que esse é um bom mercado para atuar se você deseja abrir um estabelecimento na área de alimentação, veja dicas para montar seu restaurante natural.

1. Localização

A definição da localização, além do processo de escolha de um imóvel que tenha estrutura para receber um restaurante natural, também passa pela infraestrutura do entorno. Na região deve haver um bom fluxo de potenciais clientes – pode ser uma área próxima a residências, comércio ou universidade, por exemplo.

2. Questões legais

Além da contratação de um contador para definir os pontos necessários para abrir uma empresa, um restaurante natural tem questões específicas do setor de alimentação que devem ser levadas em conta. Portarias e regulamentações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Ministério da Saúde, Ministério da Agricultura e conselhos profissionais, como o de Nutrição, devem ser respeitados.

3. Estrutura

A estrutura de um restaurante natural é simples, sendo necessária uma área para acomodar um salão para refeições, banheiros, depósito para o estoque e a área da cozinha. Para um restaurante natural com balcão de buffet, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) sugere uma área de 120 m², capaz de atender a 250 clientes por dia.

4. Equipe

A equipe mínima de um restaurante natural deve contar, pelo menos, com um gerente, nutricionista para montar os cardápios, cozinheiro e ajudantes, garçons, auxiliar de serviços gerais e caixa.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus seguidores nas redes sociais.