Colômbia oferece boas oportunidades de negócios rentáveis

Deixar um comentário

Com a inflação controlada, a economia em desenvolvimento e um bom conceito entre as principais agências internacionais de classificação de risco, a Colômbia desenvolveu um ambiente propício para quem está em busca de negócios rentáveis.

E a dica não vale apenas para os colombianos. O cenário positivo também tem chamado a atenção de investidores estrangeiros. De acordo com relatório elaborado pela Procolombia, entre os meses de janeiro e junho de 2015, US$ 6,8 bilhões foram injetados na economia local por outros países.

Mas, antes de investir, vale analisar com cuidado o mercado interno e as variações oferecidas de uma região para outra. Para não errar, confira as dicas que o Destino Negócio traz para você.

negócios rentáveis
O crescimento do país permite encontrar negócios rentáveis nas mais variadas áreas. Foto: iStock, Getty Images

4 sugestões de negócios rentáveis

Com uma economia diversificada, confira quatro áreas em desenvolvimento na Colômbia que podem se transformar também em oportunidade para negócios rentáveis:

1. Biocombustíveis

Dentro da área da agroindústria, responsável por 6,1% do PIB nacional em 2013, de acordo com Departamento Administrativo Nacional de Estatística (DANE), a produção de biocombustíveis está em crescimento no país, mas ainda carece de alianças estratégicas para melhorar a produtividade diária do biodiesel.

2. Materiais de construção

Setor com maior crescimento em 2013, a presença de demanda constante é um dos motivos para investir na área, que dá suporte ao processo de urbanização vivido na Colômbia. Inclusive, com o déficit nacional na produção de materiais de construção, as importações são frequentes.

3. Cosméticos

Em todo o mundo, a busca por produtos de beleza tem crescido na última década. Segundo a Cámara Industria Cosmética y de Aseo (Andi), a demanda no setor tem aumento 9,9% anualmente na Colômbia, desde de 2000.

4. Componentes eletrônicos

Em desenvolvimento, a Colômbia se moderniza. Não à toa, a necessidade por equipamentos elétricos e cabos de comunicação e energia tem aumentado 10,7% ao ano.

Zonas francas oferecem negócios rentáveis

Além do desenvolvimento, a presença de zonas francas com regulamentação bem definida colocaram a Colômbia na rota do comércio global, um dos fatores responsáveis pela geração de novos empregos e desenvolvimento do setor industrial.

Se você quer entender melhor as oportunidades para investir no país, vale conhecer as particularidades das quatro regiões específicas em que as zonas francas colombianas são divididas. As informações a seguir são baseadas no Diretório de Zonas Francas de 2014.

Região Andina

Os setores que mais captam recursos estrangeiros são os de software e recursos de TI, seguido pela Business Process Outsourcing (BPO), ou Terceirização de Processos de Negócio.

Uma das vantagens da região é a alta concentração populacional, com mão de obra qualificada e localização privilegiada, bem no centro das Américas.

Região do Caribe

Também com destaque para Terceirização de Processos de Negócio, mas também com destaque em investimentos vindos de outros países na área de carvão, petróleo e gás. Outra aposta é o setor hoteleiro e de turismo, em pleno crescimento.

Para quem deseja empreender na área, a principal facilidade é o transporte. Com portos marítimos e fluviais, a região é uma importante rota de conexão com o resto do país e o mundo.

Região Ocidental

Com características bem específicas, aqui os destaques ficam no setor de serviços financeiros, seguido pelo de software e serviços de TI.

Na sequência, aparece ainda com grande relevância a agroindústria, que oferece oportunidades de alianças público-privadas para o melhoramento das instalações e infraestrutura.

Um de seus pontos forte é Medellín, eleita em 2013 a cidade mais inovadora do mundo pela Urban Land Institute.

Região do Pacífico

Os dois setores que garantem a maior fatia de investimentos estrangeiros na região são o agroindustrial e de serviços financeiros, responsáveis por boa parte da movimentação econômica na área.

Mas, ainda que sejam os principais, não são os únicos que concentram recursos. Com a diversidade como um de seus destaques, a Região do Pacífico também é forte em negócios imobiliários, serviços empresariais e comerciais.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus seguidores nas redes sociais.

Matérias relacionadas:

Como estabelecer uma ideia de negócio rentável para a sua startup

Franquias rentáveis: saiba como identificá-las e escolha a melhor opção

Saiba como identificar e criar negócios e oportunidades

Negócio próprio com baixo investimento: aprenda a avaliar oportunidades

Ideias de negócios: como a tecnologia pode impulsionar sua empresa