Como abrir um posto de gasolina: veja 4 dicas

Deixar um comentário

Está pensando em começar um novo negócio e o mercado de combustíveis parece atraente para você? Veja como abrir um posto de gasolina e saiba no que você deve prestar atenção na hora de empreender nesse ramo.

A decisão da bandeira

Com o aumento da frota de veículos em circulação no país, saber como abrir um posto de gasolina pode ser um bom negócio. Na hora de iniciar uma empresa desse tipo, o empreendedor precisa prestar atenção em alguns detalhes.

O primeiro deles é a escolha da bandeira. Uma das opções é adotar uma bandeira de alguma distribuidora. Há também a possibilidade de não adotar nenhuma bandeira e se tornar um posto “bandeira branca”.

Adotando uma bandeira, a distribuidora subsidia a construção do posto e sua manutenção, e, em troca, o posto só poderá vender combustíveis adquiridos daquela distribuidora. Caso o empresário opte por não ter nenhuma bandeira, ele deverá arcar com todo o custo de construção do posto e planejar a logística do abastecimento.

Ao adotar uma bandeira, o empresário deve levar em conta alguns aspectos, como a duração do contrato, a quantidade de subsídios que a distribuidora disponibilizará na construção do posto, a qualidade e a flutuação do preço do combustível fornecido pela distribuidora.

como abrir um posto de gasolina
Posto de gasolina pode ter bandeira ou ser “bandeira branca”. Foto: iStock, Getty Images

Como abrir um posto de gasolina

Veja a seguir como abrir um posto de gasolina em quatro dicas que vão ajudar você a dar os primeiros passos nesse negócio.

1. Localização

A escolha do local onde você vai abrir o posto de gasolina deve levar em conta o tráfego, a direção e o volume de veículos nas redondezas. A acessibilidade também é importante, assim como a visualização do local, que deve ser de fácil acesso e ter boa visibilidade para os veículos que estiverem passando nas vias próximas.

Outro cuidado é que esse ponto deve possuir um acesso seguro, bem iluminado e sinalizado, que encoraje os clientes. Um bom espaço para a circulação de veículos e pessoas dentro do estabelecimento também é importante. Você deve também pesquisar na prefeitura da cidade se a lei de zoneamento permite a instalação do posto de combustível no local planejado.

2. Exigências legais

Além das exigências regulares para abertura de uma empresa, um posto de gasolina possui especificidades que devem ser obedecidas. A resolução 273, de 29 de novembro de 2000 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) deve ser obedecida, além das legislações estaduais e municipais que regulam os postos. A resolução N° 41 da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biodiesel (ANP), de 5 de novembro de 2013, também trata do assunto.

3. Estrutura

A estrutura de um posto de gasolina é composta por uma área coberta para o atendimento dos clientes, onde os frentistas e os veículos circularão. Abaixo dessa cobertura são instaladas as bombas de combustível, além de salas com balcão para o caixa e vendas de produtos como óleo e lubrificantes.

Os tanques onde os combustíveis são armazenados são instalados no subterrâneo. Fique atento, pois os tanques de armazenamento devem estar cadastrados na ANP e as bombas de combustível devem estar em perfeito estado, seguindo as exigências do Inmetro.

4. Investimento

Segundo o Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae), o empresário que tiver interesse em abrir um posto de gasolina deve ter disponíveis cerca de R$ 265 mil para investir.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus seguidores nas redes sociais.