Como evitar endividamento ao começar negócio

Deixar um comentário

Na hora de começar um negócio, é muito comum que os novos empreendedores não tenham o capital de giro necessário. As opções para conseguir levantar dinheiro no início são muitas, mas é fundamental recorrer a essas alternativas com cautela, para que não ocorra o endividamento excessivo. Saiba aqui o que fazer para evitar dívidas logo no começo dos negócios.

Pegar empréstimo pode ser decisivo para endividamento

Escolher a melhor maneira para financiar um empreendimento não é tarefa fácil. Qualquer decisão equivocada neste momento pode colocar em risco o sucesso de um negócio que sequer foi aberto. Embora o empréstimo com bancos seja uma opção convidativa para quem está procurando empreender, pois é a solução que demanda menos trabalho, ela não é a mais recomendada.

endividamento
Evitar endividamento é tarefa complicada na hora de abrir novo negócio. Foto: iStock, Getty Images

Isso porque começar um negócio sem capital próprio e com dívidas não é viável a curto prazo. Com a empresa começando, o ideal é que você faça um planejamento de projeção de caixa, estimando quando a empresa atingirá o ponto de equilíbrio. Além disso, os bancos nem sempre estão dispostos a correr riscos.

Se ainda assim você quiser arriscar, opte pelos bancos públicos ao invés das instituições privadas, pois esses oferecem taxas de juros mais adequadas para empreendedores que estão começando uma empreitada. Ainda assim, fique atento ao endividamento e aos riscos desnecessários.

5 dicas para evitar endividamento no início dos negócios

Se você não quer optar pelo empréstimo bancário e ainda assim está com medo do endividamento ao abrir um negócio, listamos aqui cinco dicas que podem ajudar. Confira:

Capital próprio é uma boa solução

Para evitar o endividamento, a melhor solução pode ser o capital próprio. Mas como consegui-lo? Se você não tem dinheiro, não se desespere. Pense em alguma solução para trabalhar com seu produto até conseguir guardar a quantia necessária. Por exemplo, se você vende bolos e doces, pode vender de porta em porta até conseguir alugar um espaço adequado.

Busque investidores que acreditam no seu negócio

Para o empreendedor que está começando, em alguns casos pode ser complicado ter capital próprio à disposição, e o risco nem sempre compensa. Se você tiver uma ideia de negócio inovadora, pode encontrar pessoas dispostas a ajudá-lo. Nestes casos, as melhores alternativas costumam ser capital semente e investidores anjo.

Não gaste sem necessidade na estrutura

Na hora de mobiliar um espaço alugado, pense se vale a pena comprar móveis e equipamentos novos. Até sua empresa conseguir se estabelecer e conquistar clientes suficientes para manter o fluxo de caixa, opte por utensílios usados.

Tenha cautela ao contratar

No início, os recursos da empresa podem ser escassos. Contratar em excesso pode levar a um endividamento desnecessário. Forme equipes reduzidas, e só aumente os recursos humanos quando a empresa alcançar um nível mínimo de estabilidade.

Monte um plano de negócios

A dica é básica, mas um plano de negócios mal estruturado, ou a ausência dele, pode ser determinante para o endividamento e, consequentemente, o fracasso do negócio. Tenha em mente que uma boa gestão é fundamental.

Gostou das nossas dicas para evitar o endividamento? Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o tema, não deixe de fazer seu comentário. Aproveite também para compartilhar esse artigo com seus amigos, colaboradores e seguidores nas redes sociais.