Como iniciar um negócio próprio em El Salvador: veja passo a passo

Deixar um comentário

El Salvador é um país no coração da América Central, com clima privilegiado e economia bastante aberta. Você tem interesse em empreender? Veja, aqui, como iniciar um negócio próprio no país.

iniciar um negócio próprio
Código de Comércio, instituído em 1970, dita as regras para empreender em El Salvador. Foto: iStock, Getty Images

Cenário para iniciar um negócio próprio

O cenário econômico de El Salvador é bastante propício para iniciar um negócio próprio. A economia do país fechou 2015 com um crescimento de 2,5% no produto interno bruto (PIB).

Segundo o Banco Central do país, a projeção para 2016 é de que o PIB siga crescendo em uma taxa entre 2,3% e 2,8%. Essa alta se deve principalmente à queda no preço do petróleo e ao aumento do consumo dos Estados Unidos.

O presidente do Banco Central, Oscar Cabrera, afirmou que esse crescimento só aconteceu devido ao empenho do setor privado, afirmando que somente uma indústria pujante e preparada saberia aproveitar o cenário externo favorável.

Como iniciar um negócio próprio em El Salvador

Desde 1970, El Salvador tem um Código de Comércio, que define os passos para criar empresas no país. Esse código define diversos tipos de pessoas jurídicas, como sociedades de nomes coletivos, de responsabilidade limitada, anônimas ou limitadas.

As sociedades anônimas de capital variável são as mais comuns no país. Por isso, veja como iniciar um negócio próprio com esse tipo de pessoa jurídica:

  1. Busca do nome, para ver se está disponível.
  2. Definição da atividade principal a que a empresa se dedicará.
  3. Com um mínimo de dois sócios, deve-se apresentar o documento de identidade de cada sócio (ou cartão de residente ou passaporte, no caso de estrangeiros) e o Número de Identificação Tributária de El Salvador.
  4. Capital social mínimo de US$ 2 mil.
  5. Definir quem será o representante legal e quem será o suplente, ou como será formado o conselho diretor da sociedade.
  6. Realizar a escritura de constituição da sociedade, inscrevendo-a na junta comercial.
  7. Elaborar um documento que contenha o estatuto da sociedade e registrá-lo na junta comercial.

Depois da formação da sociedade, existem outros trâmites obrigatórios para iniciar um negócio próprio em El Salvador para que a empresa possa começar a operar. Veja quais são eles:

  1. Obtenção do Número de Identificação Tributária e do Imposto de Valor Agregado.
  2. Inscrição na prefeitura do município onde a sociedade está constituída.
  3. Inscrição no Departamento de Estatística e Censos.
  4. Inscrição no Registro de Comércio.

Além de tudo isso, existem alguns passos a serem realizados quando você iniciar um negócio próprio e sua empresa já contar com empregados:

  1. Inscrição no Instituto Salvadorenho de Seguro Social.
  2. Inscrição na Administração de Fundos de Pensões.

Por fim, é necessária a elaboração do sistema contábil da empresa. Ele deve ser autorizado por um contador público licenciado devidamente registrado pelo Conselho de Contabilidade de El Salvador.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus amigos nas redes sociais.

Matérias relacionadas