Como montar uma casa de carnes: veja dicas

Deixar um comentário

A busca pela qualidade de vida e por uma alimentação saudável vem aquecendo o mercado das carnes naturais. Muitas oportunidades se abrem para os empresários e, por isso, a abertura de uma casa de carnes pode ser uma boa pedida para quem está pensando em empreender.

O mercado das casas de carne

O consumo de carnes no mundo deve aumentar muito nos próximos anos, principalmente nos países em desenvolvimento, como a América Latina.

 

De acordo com a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), o crescimento do consumo de carne nos países em desenvolvimento capturará 82% do consumo global até 2021.

casa de carnes
Montar uma casa de carnes pode ser uma boa alternativa para quem quer empreender. Foto: iStock, Getty Images

 

O consumo per capita aumentará em 3,2 quilos por ano, com a carne de frango representando 70% desse aumento. Até 2021, os consumidores nos países desenvolvidos comerão 3,6 quilos de carne a mais per capita em relação a 2012.

O crescimento na demanda será impulsionado principalmente pelas grandes economias da Ásia, América Latina e países exportadores de petróleo. As economias emergentes também aumentarão sua demanda.

Dicas para abrir uma casa de carnes

Nesse cenário, abrir uma casa de carnes pode ser uma alternativa rentável para os novos empreendedores. Veja algumas dicas básicas para quem está pensando em montar um negócio desse tipo:

1. Localização

Dê preferência a ruas e avenidas de grande circulação. Tente identificar locais que atraem um grande público: esse pode ser um ótimo local para instalar uma casa de carnes. Supermercados, agências bancárias, terminais de ônibus e parques são exemplos. Os bairros residenciais também podem ser considerados pontos excelentes para instalação.

2. Aspectos legais

Além de todos os aspectos legais para a abertura de uma empresa, uma casa de carnes exige cuidados adicionais. Por se tratar de produto alimentício, a legislação pode obrigar inspeção sanitária dos produtos e das instalações. Procure se informar como funciona na sua cidade ou seu estado.

3. Estrutura

Relativamente simples, a estrutura de uma casa de carnes precisa de um balcão para atendimento, um caixa e balcões refrigerados e freezers para conservação dos produtos.

4. Equipe

O número de funcionários vai depender do porte da sua loja. Se for uma casa de carnes pequena, pode-se começar com quatro empregados – dois profissionais para atendimento no balcão e que entendam os tipos e cortes de carnes, outro profissional para limpeza e um operador de caixa, que pode ser até mesmo você.

5. Investimento

Antes de começar a trabalhar em tudo isso, é essencial montar um plano de negócio para saber qual é o tamanho do investimento que deve ser feito. Faça uma pesquisa de mercado. Mesmo que já tenha atuado no ramo de carnes, seja como empresário ou como empregado, não pense que já sabe tudo.

Por fim, visite o maior número possível de lojas, converse com os proprietários e empregados faça amizade com empresários, troque ideias, confira as diferentes percepções sobre o mercado e as dificuldades inerentes ao negócio.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus seguidores nas redes sociais.

Matérias relacionadas:

Custo para abrir uma empresa: conheça 4 gastos comuns

Como abrir uma empresa no exterior

Quanto custa abrir uma empresa? Veja principais gastos

Como escolher o ramo de atividade de uma empresa

Seu sonho é abrir uma empresa? Não desista