Como montar uma floricultura em 5 passos

Deixar um comentário

Em cores, tamanhos e formatos diferentes, as flores conquistam inúmeros consumidores que estão em busca de um presente especial ou de um elemento decorativo para a casa. A partir essa demanda, há quem enxergue aí uma oportunidade de negócio promissora. Se você quer empreender nesse mercado, veja nossas dicas e saiba como montar uma floricultura.

Inicialmente, você deve ter em mente que abrir um negócio nesse ramo exige mão de obra qualificada. Portanto, quanto mais conhecimento você e a futura equipe tiverem sobre o assunto, melhor.

saiba como montar uma floricultura
Para montar uma floricultura e se diferenciar da concorrência, é preciso oferecer serviços e produtos diversos. Foto: iStock, Getty Images

Como montar uma floricultura

Decidiu aproveitar o mercado das flores, mas não sabe como montar uma floricultura? Então leia os cinco passos abaixo e descubra.

1. Plano de negócios

Montar um plano de negócios antes de ingressar no mercado é uma regra que vale para todos os empreendedores, sobretudo para os de primeira viagem. O documento é  essencial para avaliar o mercado no qual se pretende atuar, estudar a viabilidade da empresa, seus objetivos e modo de atuação.

Ou seja, o plano de negócios serve como guia para que você possa iniciar o negócio de acordo com sua ideia, que fica consolidada em um documento.

2. Ponto de venda

É importante que você tenha em mente que a escolha de um ponto de venda adequado é um dos fatores que contribui para a formação da clientela de sua empresa. O ideal é escolher um local de grande circulação e fácil acesso, onde seu público-alvo esteja presente.

Na hora de determinar a localização, também não esqueça de avaliar a concorrência na região, tentando fazer um balanço: sua floricultura deve estar perto de outros estabelecimentos comerciais, mas, se possível, longe dos competidores.

3. Estrutura da floricultura

Na hora de montar uma floricultura, é necessário ter em mente a estrutura e os equipamentos necessários para manter o negócio. Além de locais para atender, receber clientes e expor flores e arranjos, você precisará de espaços para manutenção dos produtos.

É importante ter uma oficina, onde os arranjos de flores poderão ser montados. Inseridos nesse espaço, deve estar uma câmara fria, que aumenta a durabilidade das flores, além do depósito para guardar estoques. Lembre-se: se não tiver condições de pagar por essa estrutura, é preciso manter poucas flores no estoque.

4. Desing da loja

Esse item é fundamental para atrair consumidores ao negócio. Valorize a fachada e a vitrine da floricultura – elas devem ser atraentes, pois são responsáveis por chamar a atenção de quem circula no local e transmitir a imagem do estabelecimento. O interior também precisa ser bem organizado e bonito, a fim de incentivar a compra dos produtos.

Não esqueça de que, se as flores e arranjos atraem clientes pela beleza, então sua floricultura deve corresponder a isso.

5. Diversificação de produtos

Para que a floricultura tenha um diferencial em relação à concorrência, um fator chave é a diversificação dos produtos. Solte a imaginação: comercialize arranjos, cestas, cartões, bichos de pelúcia, bombons, vinhos, livros e acessórios para jardinagem. 

Não esqueça das coroas de flores e dos arranjos bem elaborados para festas. Ampliando a oferta de produtos, você também aumenta o número de clientes, então utilize a criatividade para criar produtos interessantes, que integrem esses elementos.

Serviços para se destacar

Além de considerar os aspectos citados acima, você precisa refletir sobre outras vantagens que a floricultura oferecerá aos clientes. Fazer vendas por telefone e dispor de serviço de entrega, atualmente, são recursos essenciais para não ficar atrás da concorrência.

Por isso, avalie as necessidades dos consumidores. Uma opção é levar seu empreendimento também para o meio digital, oferecendo um e-commerce, por exemplo, que é uma tendência do mercado. Reflita sobre as possibilidades que poderão ser um diferencial para seu negócio e avalie a viabilidade de incluí-las em sua floricultura.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre como abrir uma floricultura, é hora de planejar o negócio, colocando as ideias do texto em prática. Não esqueça de avaliar o mercado, produzir um plano de negócios e pensar na localização e estrutura do empreendimento. Levando esses quesitos em conta, as chances de sucesso são ampliadas.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus amigos nas redes sociais.

Matérias relacionadas

Vai vender na internet? Confira dicas para o design da loja online

Confira 5 tipos de estrutura pop-up para levar seu e-commerce para o offline