Como registrar uma empresa na Venezuela

Deixar um comentário

A Venezuela é um dos países onde é mais difícil abrir uma empresa em todo o planeta. Segundo a edição 2015 do relatório anual Doing Business, ela está na posição 182 de 189 países pesquisados. Se mesmo assim, após identificar uma oportunidade, você está disposto a empreender no país, mostramos um passo a passo de como registrar uma empresa na Venezuela.

registrar uma empresa
A Venezuela tem uma grande burocracia na abertura de novos negócios. Foto: iStock, Getty Images

As dificuldades para registrar uma empresa

Segundo o relatório Doing Business, a Venezuela tornou mais difícil registrar uma empresa aumentando os custos de incorporação. O país obteve 45,23 pontos de 100 possíveis no ranking de facilidade para abrir um novo negócio. Na primeira posição ficou Cingapura, com nota 88,27.

O que torna a nota da Venezuela baixa é o alto número de procedimentos necessários para registrar uma empresa (17 no total) e a demora nesse processo. São necessários 144 dias para iniciar um negócio no país, segundo o estudo.

Além disso, o custo para registrar um negócio corresponde a 49,9% da renda per capita, valor bastante alto. Em Cingapura, é possível registrar uma empresa em apenas dois dias e meio, com um custo que representa 0,6% da renda per capita.

Passo a passo para registrar uma empresa na Venezuela

Antes de registrar uma empresa, você deve buscar profissionais que o auxiliem nesse processo. Um advogado e um contador são essenciais para que você consiga fazer isso. Veja a seguir um passo a passo para registrar uma empresa na Venezuela:

1. Juntas comerciais

A primeira coisa a saber é quais são as Juntas Comerciais correspondentes à sua jurisdição. Em Caracas existem seis, e cada uma tem autonomia para determinar as exigências de cada processo e definir os períodos de resposta. Ou seja, cada uma pede documentos e estabelece prazos diferentes.

2. Nome ou razão social

Este é o primeiro passo: verificar se o nome que você escolheu para a sua empresa não está sendo usado por outra pessoa. A recomendação é ser criativo, para evitar perder tempo e dinheiro. Alguns registros cobram por cada nome buscado. Se ele já existir, você deve pagar por outra busca.

Se o nome que você escolheu para o seu negócio está livre, você deve pagar para reservá-lo. Normalmente, o prazo para pagamento é de três dias.

3. Constituição da empresa

Apresente o contrato com o estatuto pelo qual se regula a sociedade, quem são os sócios que fazem parte dela, o capital investido, a atividade comercial, a administração e as regras dessa atividade.

4. Firma

Depois de fazer os pagamentos e a junta comercial ter aprovado seu contrato, será estabelecida uma data para a entrega do documento. Todos os sócios devem comparecer.

5. Publicação

Depois da revisão pela junta comercial e da entrega do documento, o último passo é a publicação em um jornal da razão social que você acabou de registrar. Com essa última etapa, você pode validar o processo de registro formal de sua empresa.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus seguidores nas redes sociais.

Matérias relacionadas