Conheça os desafios de unir empreendedorismo e inovação

Deixar um comentário

Buscar soluções criativas. Em um cenário de negócios cada vez mais competitivo, isso pode ser a chave do sucesso e fazer a diferença entre um negócio bem ou mau sucedido. Unir empreendedorismo e inovação, portanto, aumenta as chances de bons resultados – mas só isso não basta. Os desafios são muitos, e empreender sempre demanda cuidados.

Empreendedorismo e inovação

Antes de começar a pensar em unir empreendedorismo e inovação, o empreendedor que deseja seguir esse caminho deve conhecer o ambiente regulatório em que pretende operar. Essa é uma das dicas da diretora administrativa da FTI Consulting Latin America, Cynthia Catlett. De acordo com ela, independente do segmento, quem quer unir esses dois pontos precisa aprender o máximo possível antes de começar.

Outra dica importante da especialista é ter coragem para testar suas hipóteses e, se necessário, mudar completamente o modelo de negócios. “É preciso estar consciente dos riscos e desafios ao unir empreendedorismo e inovação”, explica Catlett. De acordo com ela, uma empresa verdadeiramente inovadora precisa saber quando é o momento de ter ganhos incrementais e quando é o momento de não investir – sempre considerando e entendendo todos os riscos.

empreendedorismo e inovacao
Criatividade é importante no mundo dos negócios, mas existem outros fatores importantes para se chegar ao sucesso. Foto: iStock, Getty Images

É importante que o empreendedor considere, também, que inovação é importante, mas não representa tudo em um negócio. Para Catlett, inovar representa estar sempre um passo à frente da concorrência, além de ocupar um espaço especial na cabeça – e no coração – dos clientes, mas não é a única estratégia possível para o sucesso.

De acordo com ela, muitas empresas são excelentes na hora de executar seus processos e, por isso, não precisam necessariamente ser as primeiras a tentar tudo, pois inovar custa caro. “Alguém precisa pagar pelos erros e aprendizados. Mas se você é capaz de inovar e executar sua estratégia com maestria, esta é definitivamente a melhor posição para ocupar”, relata Catlett.

A especialista alerta, no entanto, que os empreendedores não devem cair em uma armadilha comum para quem entra no mundo dos negócios pensando apenas em unir empreendedorismo e inovação. “Inovar apenas por inovar é um grande perigo. É preciso conhecer o negócio, entender suas métricas e riscos, além do contexto competitivo”, explica.

Só depois de compreender quais áreas podem trazer vantagens é que o empresário deve buscar um negócio inovador. Para empreendedores menos experientes, Catlett afirma que soluções criativas e inovadoras podem fazer a diferença. “Inovação requer, mais do que experiência, visão e capacidade de criar uma organização que aprende o máximo possível, da maneira mais rápida”, finaliza.

como estimular a inovação

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus amigos nas redes sociais.

Matérias relacionadas

Empreendedorismo digital: inovação e planejamento são essenciais

Ecossistema de empreendedorismo, o que é e por que devo entendê-lo?

Inovação que dá lucro: o que você pode aprender com o crescimento da Zara

Empreendedorismo: invista na capacitação com cursos gratuitos online

Descubra a importância da tecnologia social