Construa uma estratégia de comunicação em 6 passos

Deixar um comentário

Desenvolver uma estratégia de comunicação fortalece o vínculo entre uma marca e os seus clientes. O objetivo dessa ferramenta é aumentar a compreensão e o entendimento que os consumidores têm da empresa ou do serviço ou produto que ela oferece.

Importância da estratégia de comunicação

Melhorar os processos de comunicação institucional de uma marca é cada vez mais importante, à medida que a concorrência aumenta e o público passa a utilizar canais diversos para buscar informações sobre a empresa.

Definir o objetivo da estratégia de comunicação é o primeiro passo.
Definir o objetivo da estratégia de comunicação é o primeiro passo para ser efetivo e obter os melhores resultados.

“As organizações modernas não podem se limitar apenas à divulgação de seus produtos ou serviços. Necessitam se identificar perante um público consumidor cada vez mais exigente”, escreveu Margarida Maria Krohling Kunsch no livro Planejamento de relações públicas na comunicação integrada (Summus Editorial).

Para desenvolver uma estratégia de comunicação eficiente para a sua empresa, confira, abaixo, quais são os principais passos.

Como construir uma estratégia de comunicação

1.Definir o objetivo

Uma estratégia de comunicação pode ser desenvolvida para reforçar o institucional (nova identidade visual, novo conceito, reposicionamento da empresa ou simplesmente para deixá-la mais presente na mídia) ou para promover algo específico (novo produto ou serviço, novas condições, novo ponto de venda, etc.).

Se o objetivo do plano de comunicação não é tão óbvio, uma dica de ponto de partida é problematizar. Faça muitas perguntas, por exemplo: como o público vê a minha empresa? Como eu quero que ela seja vista? O que deve melhorar para fidelizar os consumidores? Ao respondê-las, você já saberá por onde começar.

2.Conhecer o público-alvo

Para ser certeiro na estratégia de comunicação, você precisa saber com quem está falando. Uma campanha pode atingir não apenas os clientes, mas também os iniciadores e influenciadores. Seja quem for o alvo, dedique-se a conhecer tudo e mais um pouco sobre ele: onde mora, quanto ganha, qual a sua idade, gênero…

3.Estabelecer um orçamento

Tendo como base os objetivos geral e específicos e público-alvo da estratégia de comunicação, agora você deve calcular o quanto é possível investir para que ela seja desenvolvida. O item seguinte está intimamente relacionado com esse, então pense os dois ao mesmo tempo. Você vai precisar decidir, também, se pretende contratar uma agência especializada (que ficará responsável pelo plano inteiro ou por uma parte apenas), o que aumentará os custos.

4.Definir os canais

Aqui, você vai escolher em quais mídias pretende investir e quais sistemas e ações quer utilizar. Além de definir em quais meios e veículos de comunicação vai focar, pense em diversificar o mix de marketing com publicidade, assessoria de imprensa, relações públicas, marketing direto, merchandising… Jamais esqueça de usar todas as ferramentas possíveis na internet – você notará os benefícios disso principalmente na hora de mensurar os resultados.

5.Criação

Agora chegou a hora de botar a criatividade a funcionar. Se você contratou uma agência, eles que vão “viajar” e depois apresentar as ideias a você. Mas vale acompanhar de perto e propor ideias também. Caso alguma demande mais recursos do que o previsto no orçamento, avalie se vale a pena reconsiderar a previsão de gastos.

6.Acompanhe

Por mais planejamento que tenha antecedido a estratégia de comunicação, ela pode dar errado ou causar, no público-alvo, um efeito diferente do desejado. Por isso, é fundamental acompanhar de perto, diariamente, a repercussão. Se necessário, repense algumas questões e mude o que precisar.