Entenda o que é marketing social e descubra como planejar ações

Deixar um comentário

Com as pessoas cada vez mais comprometidas com as causas sociais, as empresas investem em estratégias para corresponder às expectativas de seu público. É aí que entra o marketing social. Em poucas palavras, a prática utiliza técnicas mercadológicas para a promoção do bem-estar dos indivíduos, em uma tentativa de fisgar clientes a partir de uma causa.

Mas como ele funciona na prática e quais são os benefícios que gera para uma empresa?

O que é marketing social

Para poder aplicar esse método em sua empresa, primeiro você precisa compreender a proposta do marketing social. O conceito foi criado por Philip Kotler e Gerald Zaltman, grandes referências na área do marketing, em 1971, nos Estados Unidos,

O objetivo do marketing social é utilizar visão estratégica, conhecimentos de mercado e técnicas mercadológicas para promover a aceitação de ideais sociais entre o público-alvo. Em outras palavras, o intuito é fomentar mudanças comportamentais coletivas e individuais nas pessoas, levando a uma melhoria do bem-estar da sociedade a partir da mobilização.  

Alan Andreasen resume o conceito de outra maneira. Em seu livro Social marketing in the 21st century, ele afirma que o marketing social é a ideia de fazer o mundo um lugar melhor para todos, não apenas para investidores e executivos.

Marketing social é oportunidade para estimular o engajamento
Marketing social é oportunidade para estimular a identificação entre os consumidores e a marca. Foto: iStock, Getty Images

Por que investir no marketing social

Agora você já sabe um pouco mais sobre o marketing social, mas pode estar se perguntando o que levaria uma empresa a investir tempo e dinheiro para planejar ações desse tipo. O fato é que a aposta nessa estratégia tem impacto positivo na imagem corporativa perante o mercado, pois associa a marca a uma causa social importante.

Assim, aos poucos, a empresa vai conquistando mais consumidores – aqueles que se identificam com as propostas das campanhas de marketing social e, por isso, se tornam clientes. O resultado disso? Uma vantagem competitiva no mercado, o que significa que ela terá um diferencial em relação aos concorrentes para oferecer aos consumidores.

Como planejar ações

Inicialmente, é necessário analisar quais causas sociais são motivo de preocupação para o público-alvo. Nessa hora, é importante identificar ideias que estejam de acordo não apenas com o que o consumidor pensa, mas também com os valores da empresa. Feito isso, agora é o momento de escolher em qual tema vale a pena investir, ou seja, qual é mais relevante.

Assim, suas ações de marketing social serão elaboradas com embasamento e serão mais eficientes. Você conseguirá se comunicar com o público da melhor forma possível, transmitindo ideias relacionadas a uma causa que eles consideram essencial para beneficiar a sociedade.

Há diferentes tipos de ações que podem ser planejadas, como campanhas de arrecadação e programas sociais de apoio a comunidades carentes, por exemplo.

Considerando as vantagens para a imagem institucional da empresa, por que não investir nessa estratégia de marketing? Se você quer atrair novos consumidores e melhorar a relação entre clientes e marca, comece a pensar em causas sociais às quais se engajar.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus amigos nas redes sociais.

Matérias relacionadas:

Saiba como gastar pouco com marketing para pequenas empresas

Pequenas empresas à frente em ações de marketing de conteúdo

Viral: ações de marketing podem renovar audiência da marca