Está na hora da empresa crescer? Saiba como avaliar a demanda

Deixar um comentário

Saber a hora de investir e crescer é essencial para o futuro de uma empresa. Muitos empresários acreditam que produzir mais é sempre melhor, mas não adianta ter um negócio maior e mais caro se a sua demanda não acompanhar. Confira, a seguir, algumas dicas para saber se está na hora de sua empresa crescer.

Crescer depende da demanda

Para Alfredo Meneghetti Neto, professor de Economia da PUCRS, decidir se está na hora ou não de sua empresa crescer depende primordialmente da demanda. O empresário deve estar sempre atento aos pedidos dos clientes – se eles estão solicitando um volume maior de produtos que o negócio consegue atender e se estão procurando mercadorias não disponíveis.

crescer
É importante para o gestor ouvir a clientela e perceber quais são suas necessidades Foto: iStock, Getty Images

“É muito importante ter um relacionamento próximo ao cliente, porque é através do cliente que ele pode ter a indicação se é o momento de crescer ou não”, afirma Meneghetti. Por outro lado, se as suas vendas estão estáveis e a clientela não apresenta novas demandas, o momento de crescer ainda não chegou.

Outra forma de avaliar a demanda é através de um acompanhamento adequado do giro de estoque de seu negócio. Se você precisa repor as mercadorias toda hora ou com frequência sofre com a falta de um produto na prateleira, essa é a hora de investir mais.

Crescer por necessidade

Também pode ser que o seu negócio precisa crescer por alguma necessidade financeira que não deixa outra opção. Por exemplo, quando seus custos estão muito próximos do faturamento e, consequentemente, sua margem de lucro já não é satisfatória. Nesse caso, é importante buscar melhorar o faturamento através de mais encomendas junto aos fornecedores e aumentar a comercialização de seus produtos. Se não for possível realizar isso na prática, é a hora de passar a tesoura nos gastos.

O professor Meneghetti afirma ainda que é essencial que o seu negócio cresça em um ritmo que acompanhe a economia e a evolução de seu segmento. “Se a economia cresceu 1% no ano passado, ele tem que crescer 1%”, diz.

Como crescer

Há várias maneiras de aumentar o investimento em seu negócio. A melhor delas é de forma orgânica, com capital próprio da empresa. Você também pode investir uma reserva pessoal ou buscar o aporte de investidores. Se sua empresa é de um porte maior, pode lançar ações na bolsa.

A última opção, e talvez a mais comum, é buscando empréstimos bancários. No entanto, Meneghetti alerta que essa alternativa sempre envolve riscos. “Esse é um dos fatores críticos de falências e de problemas que muitos empresários têm, porque eles não se dão conta do preço do dinheiro”, diz. “Se ele não têm capital próprio, têm que buscar capital de bancos, e os bancos são péssimos parceiros”, alerta.

Ele recomenda sempre procurar pelas taxas de juros mais baixas do mercado e evitar dar um passo acima da possibilidade de seu negócio pagar a dívida. “Esse é o maior erro, ele se endividar e depois o banco pegar praticamente toda a rentabilidade dos meses e anos seguintes”, afirma. “De nada adianta se endividar para oferecer mais volume e produtos se não tiver demanda”, conclui.

Comentários

  1. angelasilva dice:

    Tem que tomar muito cuidado e avaliar muito para não dar o passo maior que a perna.