Franquias de educação: conheça opções e cenário no Brasil

Deixar um comentário

O mercado de franquias de educação no Brasil apresenta números significativos, que ilustram a força do setor. De acordo com o Franchise Store, são 14.700 unidades de escolas que pertencem às 298 redes de franquias de educação e treinamento do país. O número de escolas aumentou em mais de 7% no último ano.

A taxa de crescimento do segmento também é acima da média. Em 2014, o setor de educação e idiomas, formado por franquias de escolas de idiomas e cursos profissionalizantes, cresceu 12,4%, enquanto a média de crescimento do mercado de franquias em geral foi de 7,7% no mesmo período.

Dados da Franchise Store também indicam que mais de R$ 72 bilhões foram gastos pelas famílias brasileiras com livros, cursos e outras despesas relacionadas à educação.

franquias de educação estão em crescimento
Franquias de educação cresceram quase o dobro em relação à media das demais franquias. Foto: iStock, Getty Images

Tendências das franquias de educação

A tendência é que cursos expressos, mais baratos e de menor duração, se popularizem cada vez mais, assim como os cursos de proeficiência em línguas e modelos como cursos a distância.

Antes de escolher uma das franquias de educação para abrir uma unidade, é preciso estar atento às particularidades. Você precisa se identificar e se especializar na linha pedagógica proposta e fazer pesquisas detalhadas antes de escolher.

Mas tome cuidado: apenas uma boa formação pedagógica não basta. É necessário também um bom conhecimento em administração. Se a franquia escolhida dá o suporte necessário, já é meio caminho andado.

Kumon é uma das mais tradicionais do país

O Kumon é uma das mais tradicionais franquias de educação do mundo, e está presente em mais de 40 países. Fundada no Japão em 1954, a escola possui uma metodologia que visa incentivar na criança a autonomia nos estudos, buscando fortalecer o potencial de aprendizado de cada um.

Por meio de um processo de aprendizagem planejado e individualizado, o aluno se torna confiante e capaz de enfrentar sozinho o desafio da conquista do conhecimento.

No Brasil, são 1.450 unidades franqueadas da marca. De acordo com Julio Segala, gerente do departamento de Pesquisa e Planejamento do Kumon, o investimento para abrir uma unidade parte de R$ 25 mil, para cidades de pequeno porte.

O faturamento médio mensal, de acordo com ele, gira em torno de R$ 14 mil, com 100 alunos matriculados. O lucro líquido médio mensal, por unidade, é de 20%. Já o prazo de retorno para lucro é de 24 meses.

De acordo com Segala,  No Brasil, as redes de franquias na área de educação são, em sua maioria, de cursos de idiomas e de aprimoramento técnico para jovens e adultos.

“Temos grandes redes, com excelentes resultados. É um mercado relativamente maduro, se comparado com outros países de América do Sul. Neste período de recessão econômica que estamos passando, todas as redes estão buscando a melhoria da qualidade pedagógica e de atendimento aos clientes”, explica.

Conheça outras opções de franquias de educação

Se você pretende investir em franquias de educação, conheça três opções disponíveis no mercado. As informações são da Franchise Store.

People Informática e Inglês

Investimento mínimo: R$ 83 mil

Faturamento médio: R$ 82 mil

Previsão de retorno: 18 meses

Taxa de franquia: R$ 15 mil

S.O.S. Educação Profissional

Investimento mínimo: R$ 72,5 mil

Faturamento médio: R$ 72 mil

Previsão de retorno: 18 meses

Taxa de franquia: R$ 15 mil

Wizard Idiomas

Investimento mínimo: R$ 91 mil

Faturamento médio: R$ 120 mil

Previsão de retorno: 18 meses

Taxa de franquia: R$ 15 mil

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus seguidores nas redes sociais.