Gerenciamento de crise: saiba como agir

Deixar um comentário

Em momentos de crise, é fundamental que o empreendedor tenha uma equipe qualificada e preparada para qualquer circunstância, pois uma situação grave pode arranhar seriamente a imagem da empresa. Nem sempre é fácil, mas não há motivos para desespero.

Se você souber lidar com a situação com a calma necessária, sua empresa poderá passar sem grandes danos por esses momentos difíceis. Planejamento e gestão são dois pontos cruciais para isso. Siga a leitura e saiba como lidar com a crise.

crise
Planejamento e monitoramento de mídias sociais são dois elementos fundamentais para gerenciamento de crise. Foto: iStock, Getty Images

7 passos importantes da gestão de crise

Durante uma crise, agir rápido é fundamental, mas deve haver atenção para que não sejam cometidos erros. O ideal é que a empresa e os gerenciadores percebam cedo a crise. Dessa forma, fica mais fácil lidar com a situação antes que ela saia do controle.

O vice-presidente da Allegiance Capital, Bruce Condit, listou no site Inc. alguns passos importantes para lidar com uma crise. De acordo com ele, planejamento avançado é a chave para a sobrevivência, pois um momento de adversidade pode atingir seriamente qualquer empresa. Confira, abaixo, outros passos que toda companhia deve seguir nessas horas.

Tenha um plano

Saber o que fazer durante uma crise é fundamental mesmo antes de ela acontecer. Para isso, toda empresa deve contar com um plano de gerenciamento especial para essas situações. Este plano deve conter medidas para proteger a imagem da empresa e dos empregados. É comum que ele tenha cases prevendo diferentes situações e as melhores alternativas para lidar com cada uma delas.

Identifique alguém para falar

É muito importante que a empresa mantenha apenas um porta-voz para falar no momento da crise. Se for uma situação grave, é bem provável que isso acabe atraindo a atenção da mídia. Para que a mensagem passada seja sempre clara, é fundamental colocar uma pessoa identificada com a empresa a se pronunciar e responder perguntas.

Seja honesto sempre

Nada arranha mais a imagem da empresa – principalmente em momentos de crise, quando a atenção da mídia estará voltada para a companhia – quanto a falta de sinceridade e transparência. Mantenha uma postura clara e aberta para lidar com a situação. Assim, você conseguirá acabar com rumores. Projete essa transparência em todos os canais possíveis: entrevistas com a imprensa, mídias sociais e anúncios internos, por exemplo.

Mantenha os funcionários informados

Manter os funcionários cientes do momento da empresa é importante por duas razões. A primeira delas é manter a força de trabalho tão ativa quanto possível. Além disso, impede que informações erradas sejam divulgadas de dentro pra fora, diminuindo a possibilidade de que boatos sejam espalhados em mídias sociais.

Comunique-se com clientes e fornecedores

O plano emergencial deve prever que você atualize constantemente a situação da crise para clientes e fornecedores, para que eles fiquem sabendo da situação por você e não pela imprensa ou por informações desencontradas vindas de boatos.

Atualize a situação com frequência

Ao passar as informações cedo e com frequência, você estará diminuindo consideravelmente a chance de espalhar boatos. Emitir declarações e notas oficiais, além de comunicados a imprensa, são as melhores medidas para fazer isso.

Mídias sociais são fundamentais

Mantenha uma equipe especial de monitoramento e controle de mídias sociais. Essa equipe deve estar ligada o máximo possível, tanto nas questões divulgadas pela empresa quanto pelo monitoramento e repercussão nos principais canais.