Inovação é a chave para desenvolvimento de produto de sucesso

Deixar um comentário

Pretende começar um negócio mas não tem ideia do que fazer? Se a ideia é chegar a um empreendimento de sucesso, o desenvolvimento de produto inovador pode ser o melhor caminho. Mas como alcançar metas ousadas em um mercado cada vez mais competitivo, no qual produtos novos surgem cada vez mais depressa?

Qual o momento certo para o desenvolvimento de produto novo?

Para os especialistas, é difícil precisar a hora certa de iniciar o desenvolvimento de produto para lançamento, ainda mais quando se trata de um empreendimento com características inovadoras. Segundo Flávio Estevam, empreendedor serial com mais de 50 startups criadas, além do site Namoro Fake, não existe uma hora certa ou errada para começar. “O objetivo é lançar o negócio o mais rápido possível no mercado e colher feedbacks dos primeiros clientes. Se for para errar, tem que errar rápido. Essa é a melhor forma de levar o negócio a outro nível”, explica.

desenvolvimento de produto
As necessidades de um cliente devem ser levadas em conta em um novo produto. Foto: iStock, Getty Images

Já para André Bartholomeu Fernandes, do portal Jornal do Empreendedor, o momento certo para o desenvolvimento de produto inovador pode depender de outras condições, externas ao produto em si, mas não necessariamente dissociadas. Segundo ele, o momento certo para lançar o produto é quando existir condições tecnológicas e de mercado para tal, que favoreçam um eventual sucesso.

Fernandes usa como exemplo o caso de um dos produtos de maior sucesso deste século, o iPhone. O smartphone passou a ser concebido após o desenvolvimento de uma touchscreen – aliado a um software que possibilitava a captura de gestos de forma elegante – ser possível. “Uma vez que há a possibilidade de inovação capaz de superar com larga vantagem as alternativas existentes, o empreendimento tem condições de sucesso”, afirma.

Para Estevam, o começo de qualquer negócio necessita de um time, e afirma que sócios podem ser uma boa opção. Fernandes, no entanto, faz uma ressalva. “Fazer uma startup na garagem contanto apenas com uma equipe talentosa ainda é a melhor forma de iniciar uma empresa inovadora.”

Estevam coloca como principal risco o negócio não atender às necessidades de ninguém, já que criar um empreendimento inovador não é garantia de sucesso. E Fernandes vai além: “Apenas as melhores sobrevivem. Algo em torno de 1 a 3%”, alerta.

Necessidades dos clientes no desenvolvimento de produto

Segundo Estevam, a validação do cliente é uma parte fundamental para o desenvolvimento de produto inovador. É necessário escutar o cliente ou usuário para oferecer realmente o que ele quer usar ou comprar. “Muitos negócios não decolam porque oferecem para os clientes o que eles não querem”, relata.

Para Fernandes, a pesquisa de mercado da forma tradicional acabou. Segundo ele, o processo de conversa com o mercado acontece em tempo real, e todos os processos estão voltados para esta nova configuração mercadológica. Ele concorda com Estevam quanto ao desenvolvimento de produto voltado ao cliente ainda na sua fase de concepção. “O aperfeiçoamento da adequação ao mercado consumidor é decisivo para o sucesso do produto ou serviço”, finaliza.