Investir no mercado pet shop no Brasil pode ser promissor

Deixar um comentário

A cada dia contando com mais inovações, o mercado de pet shop no Brasil tem se mostrado um segmento promissor para os empreendedores. Afinal, com tantos animais de estimação nos lares brasileiros, há cada vez mais gente investindo em produtos e serviços destinados a cães e gatos.

Segundo a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) com dados de 2013, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e divulgada em junho de 2015, 44,3% dos lares brasileiros – o que equivale a 28,9 milhões – possuíam pelo menos um cachorro. Também 17,7% dos domicílios contavam com ao menos um gato: eram 11,5 milhões de casas com felinos.

Ainda de acordo com os dados do IBGE, a população de cachorros em lares do país em 2013 equivalia a 52,2 milhões – número superior aos gatos, que somavam 22,1 milhões. Esse total de animais presentes nas casas brasileiras não poderia ter outro efeito, senão o aumento dos investimentos em pet shops, produtos e serviços.

Se você pensa em investir no mercado de pet shop no Brasil, que tal aproveitar esse cenário promissor? Confira dicas para ter sucesso nesse desafio.

pet shop no Brasil
Investir no mercado de pet shop é promissor para empreendedores que têm interesse pelo segmento. Foto: iStock, Getty Images

Como investir em uma pet shop no Brasil?

Neste momento, você pode estar fazendo a seguinte pergunta: como criar um empreendimento de sucesso e enfrentar a concorrência? O ideal, assim como ocorre em qualquer ramo, é compreender o mercado no qual deseja investir, estar por dentro dos produtos do momento, criar relacionamento com fornecedores.

Também é preciso levar a sério a preocupação que as pessoas têm com os animais de estimação. Para que a sua pet shop no Brasil seja um negócio de sucesso, procure fidelizar clientes e tente um lugar no mercado de sua região. Se oferecer um diferencial ou tiver uma inovação em mente, melhor ainda.

Em texto para o jornal Houston Chronicle, a escritora Jennn Fusion menciona alguns fatores necessários para dar início a uma pet shop. Entre eles, ter um sumário executivo, fazer uma análise de mercado, desenvolver uma descrição da empresa e dos serviços ou linha de produção entram na lista. Além disso, é preciso fazer gestão das informações de marketing e vendas.

Pet shop no Brasil integra diferentes serviços e produtos

Geralmente, uma pet shop no Brasil integra diferentes setores relacionados aos bichos de estimação. A lista dos investimentos é grande, pois é preciso oferecer diversos serviços, como banho, tosa e vacinas. No entanto, a lista não para por aí, pois também é essencial vender produtos para animais: alimentos, medicamentos, acessórios e roupas, por exemplo.

A boa notícia é que o mercado no país é bem movimentado. O Brasil tem o segundo maior faturamento do mundo no segmento pet e veterinário, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet).

Além disso, segundo a associação, o setor teve um faturamento de 15,2 bilhões de reais em 2013, demonstrando um aumento de 7,3% em relação a 2012.

Indústria de animais de estimação abre leque de opções

Além das pet shops, outros tipos de negócios podem ser inciados por quem deseja investir na indústria de animais de estimação. Hoje, os empreendedores brasileiros que apostam no segmento criam inovações e, consequentemente, uma nova demanda de mercado.

Dois tipos de empreendimento que ganharam popularidade no país, por exemplo, são os hotéis e creches para cães e gatos. Além de oferecer benefícios aos animais – espaços para brincadeiras, exercícios e lazer – é possível  fidelizar clientes, já que, muitas vezes, os donos precisam deixar os pets nesses estabelecimentos.

O que saber antes de investir nesse mercado

Antes de apostar na criação de uma pet shop no Brasil ou outros empreendimentos relacionados à indústria dos animais de estimação, lembre-se: é preciso conhecer o mercado, planejar o negócio e criar um diferencial. Fora isso, você já tem uma vantagem, que é o cenário promissor que o segmento demonstra.

Se as dicas do artigo foram úteis para você, que tal compartilhar com colegar e amigos? Além disso, aproveite para deixar um comentário na página. Boa sorte!

Matérias relacionadas

Animais de estimação: veja por que a indústria pet traz grandes oportunidades

Confira 4 estratégias de marketing digital para pet shop

Conheça a Animal Vitae, rede social para animais de estimação

Comentários

  1. Thaylise dice:

    Pensei que este mercado estivesse saturado, mas parece que cresce a cada dia.