Por que investir em franquias na Argentina em 2016?

Deixar um comentário

Investir em franquias na Argentina é uma opção cada vez mais comum – e não sem justificativa. De acordo com estudo do Centro de Franchising, o setor deve ter um crescimento no país de 15% até o fim de 2016, o que indica um mercado favorável a novos investimentos.

Terceiro maior mercado de franquias da América Latina, a Argentina conta hoje com 740 companhias que funcionam no formato, 94% delas de origem nacional, segundo Roberto Marcelo Russo, diretor do Catalogo Argentino de Marcas & Franquicias.

Para ele, motivos não faltam para apostar em um 2016 de grandes expectativas. Ficou curioso? Confira tudo sobre o mercado argentino de franchising para o ano que vem.

Investir em franquias
Investir em franquias na Argentina é oportunidade em alta para 2016. Foto: iStock, Getty Images

Motivos para investir em franquias na Argentina

Ainda que a própria expansão do modelo de negócio baseado em franquias já possa ajudar a explicar o crescimento esperado para o setor na Argentina, para Russo há ainda outros dois fatores que impactam fortemente o cenário.

O primeiro deles é a recente troca de governo, que é esperada internamente como uma oportunidade de mudança e de abertura econômica, capaz de tornar o mercado mais dinâmico e previsível.

O segundo é a legislação de franquias na Argentina, que entrou em agosto deste ano, a partir do novo Código Civil e Comercial Unificado. Com a mudança, a expectativa é que o setor deixe de sofrer com a falta de regulamentação.

“Muitos empresários que até o momento não se animavam em aceitar o risco de franquear se sentiram respaldados para poder fazê-lo com as garantias de começar em um setor regulado, com normas estabelecidas”, destaca Russo.

Por outro lado, a lei define ainda que aqueles que não cumprirem os requisitos básicos terão que deixar de fazer parte do modelo de negócio. O objetivo é proporcionar uma oferta mais séria e profissionalizada.

Cuidados ao investir em franquias

Mas nem só a oportunidade de retorno deve ser levada em conta na hora de escolher investir em franquias na Argentina. A dica é buscar informações básicas sobre o sistema de funcionamento e saber quais conhecimentos e treinamentos são necessários para estar apto e abrir uma unidade da franquia.

Para não errar, confira a lista de cuidados que o diretor do Catalogo Argentino de Marcas & Franquicias indica para quem está começando:

  • Escolha opções de áreas para investir
  • Defina qual é o seu capital de investimento
  • Analise se está disponível para trabalhar aos finais de semana e feriados
  • Imagine como seria trabalhar na franquia escolhida

Nesse primeiro momento, vale buscar informações em revistas e sites especializados, livros da área, associações de franquias, exposições e seminários, e também diretamente com as marcas que oferecem esse modelo de negócio.

Com uma ou mais franquias escolhidas, parta para uma análise mais detalhada. Pode custar tempo entre fazer entrevistas e reunir dados, mas lembre-se de que é importante não tomar a decisão baseada apenas em um impulso.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus seguidores nas redes sociais.