Tudo sobre franquias: confira um glossário para mergulhar nesse universo

Deixar um comentário

Reduzir os riscos de um novo negócio a partir da adoção de um modelo bem sucedido é a fórmula que tem seduzido cada vez mais empreendedores. Com investimento relativamente baixo – dependendo da empresa -, é possível abrir uma franquia com maiores chances de dar certo, grande rentabilidade e suporte para quem está começando. Que tal saber tudo sobre franquias?

Os cuidados antes de abrir uma franquia

As chances de sucesso de um empreendimento aumenta significativamente quando se opta por ingressar em um sistema de franquias. Além do respaldo de uma marca famosa, o franqueador oferece assistência permanente.

tudo sobre franquias
A taxa de franquia deve ser paga na hora de assinar o contrato. Foto: iStock, Getty Images

O franqueado terá suporte na escolha do ponto de venda, montagem das instalações, contratação da equipe, publicidade institucional de alto padrão, a possibilidade de obter financiamentos bancários com taxas mais baixas e o acesso a valiosas informações de mercado e ao know-how desenvolvido ao longo dos anos.

Mas alguns cuidados devem ser tomados para quem quer investir em um sistema de franquias. “É preciso estudar o ponto, a marca, sem esquecer os números da franqueadora. Capital de investimento, de giro, retorno, bem como a região”, afirma a consultora e sócia-fundadora da Expande Franquias Fabrícia Vidaurre.

Glossário com tudo sobre franquias

Ficou perdido com alguns termos? Confira, abaixo, uma lista de termos com tudo sobre franquias. Leia o glossário e conheça os termos mais usados nesse tipo de negócio:

Franqueadora

É a empresa que é dona da marca, do modelo de negócio e da tecnologia.

Franqueado

É a pessoa ou empresa que compra uma franquia e tem o direito de usar o modelo de negócios criado pelo franqueador. É o responsável pela implantação, operação e gestão da franquia.

Taxa de franquia

É uma taxa paga na hora de assinar o contrato. Esse valor varia de acordo com o faturamento da franquia. Também pode ser cobrada uma taxa mensal pelo suporte fornecido pela empresa.

Taxa de propaganda

É uma taxa mensal ou periódica paga pelo franqueado para contribuir com as propagandas criadas e veiculadas pela rede.

Taxa de royalties

Taxa paga pelo franqueado pelo direito de uso de sua marca ou comercialização de seus produtos. A forma como esse valor é definido varia de contrato para contrato: pode ser um percentual sobre o faturamento da unidade ou sobre as compras realizadas, por exemplo.

Território

É a área em que o franquado pode trabalhar durante o prazo do contrato de franquia.

Unidade franqueada

Representa o local físico no qual as atividades são exercidas pelo franqueado.

Investimento inicial

Valor que você precisa ter em mãos para iniciar o negócio. Procure saber o que está incluído no pagamento desse valor. Reforma do ponto? Estoque? Equipamentos? Além disso, esteja preparado para gastos que não estão previstos nesse investimento: aluguel, royalties e pessoal são apenas alguns deles.

Faturamento anual da rede

Mostra quanto rendem, juntas, todas as lojas da rede. Isso mostra o tamanho da franquia e pode ser importante na hora de tomar uma decisão sobre investir ou não.

Faturamento médio mensal

Valor estimado no desempenho das unidades já em funcionamento.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus seguidores nas redes sociais.

Matérias relacionadas:

Conheça as 30 franquias mais baratas do Brasil

Quero abrir uma franquia: confira os passos necessários para realizar esse sonho

Como abrir franquia no Brasil: veja dicas e passos importantes

Confira a listas das franquias mais baratas do Brasil no modelo home-based

Franquia virtual: conheça as vantagens e descubra se vale a pena

Franquias baratas e lucrativas: o que avaliar antes de investir