Fampe ajuda empresas oferecendo garantias para financiamentos

Deixar um comentário

Você tem uma pequena empresa e desejaria contrair um empréstimo para investir no crescimento do negócio, mas está encontrando dificuldades para fornecer as garantias exigidas pelos bancos? Para ajudar micro e pequenos empreendedores nesta situação, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) criou o Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe). Entenda a seguir o que é isso e como ter acesso a ele.

O que é o Fampe

Fampe é um programa do Sebrae que visa complementar as garantias exigidas a micro e pequenas empresas na hora de obter um financiamento. O objetivo é facilitar a contratação de crédito por negócios que têm seus pedidos barrados por não conseguirem oferecer garantias reais.

Funciona da seguinte forma: se uma pequena empresa vai contrair um empréstimo mas não possui todas as garantias exigidas, pode solicitar a contratação do Fampe junto a uma instituição financeira conveniadas ao Sebrae e o órgão se torna avalista do financiamento.

O Fampe cobre as garantias de até 80% do valor financiado, com os outros 20% ficando a cargo da empresa que contrata o crédito. Ou seja, o banco só pode exigir garantias para esses 20% não cobertos pelo fundo.  É importante ressaltar que o fundo não cobre 100% das garantias, nem pode ser contratado quando a pequena empresa já preencheu todos os requisitos exigidos pelos bancos.

fampe
Quando uma empresa contrata o Fampe para um financiamento, o Sebrae entra como avalista de até 80% do valor. Foto: iStock, Getty Images

O Fampe vale para financiamentos que variam entre R$ 10 mil e R$ 700 mil, dependendo da modalidade contratada (ver item 2 abaixo).

Vale ainda ressaltar que o Fampe atua somente como avalista, cabendo à empresa negociar todo o processo de contratação do financiamento junto às instituições financeiras conveniadas. São elas: o Banco do Brasil, Bradesco, Banco de Brasília, bancos de desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) e do Extremo Sul (BRDE), agências de fomento dos estados de São Paulo, Mato Grosso, Rio de Janeiro. Rio Grande do Sul, Alagoas, Pernambuco e Bahia, entre outras instituições.

6 passos para acessar o Fampe

O Sebrae lista seis condições que a empresa precisa cumprir para ter a possibilidade de acesso ao Fampe. São elas:

1. Realizar um planejamento financeiro detalhado para verificar se a empresa realmente precisa de financiamento ou necessita apenas de aprimorar sua gestão;

2. Elaborar um projeto de investimento, plano de negócios ou proposta de crédito em que indicará o objetivo do financiamento: capital de giro, investimento fixo com capital de giro associado, exportação fase pré-embarque ou desenvolvimento tecnológico inovação;

3. Escolher uma instituição financeira conveniada ao Sebrae e a linha de financiamento que se encaixa no projeto de investimento elaborado pela empresa;

4. Negociar as condições do financiamento com a instituição financeira a partir do projeto de investimento, plano de negócios ou proposta de crédito;

5. Caso não possua as garantias exigidas pelo financiamento, solicitar junto à instituição financeira a contratação do Fampe;

6. Utilizar os recursos do financiamento de acordo com o planejamento e manter em dia os pagamentos da dívida. Vale lembrar que o Fampe não é um seguro de crédito. Em caso de atrasos, o banco pode tomar as providências necessárias para recuperar o crédito.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus amigos nas redes sociais.

abrir empresa

Matérias relacionadas

Conheça o Kickstarter, o maior site de financiamento coletivo do mundo

Banco de ideias ajuda empreendedor a tirar startup do papel