Confira 6 dicas para fazer cobrança por telefone

Deixar um comentário

Na hora de cobrar uma dívida antiga, seja de fornecedores ou clientes, é necessário estar preparado para lidar com as situações que podem surgir. Saber como fazer cobrança pelo telefone pode ajudar você a otimizar seus resultados e melhorar a taxa de retorno. Continue a leitura e confira nossas dicas.

Como fazer cobrança por telefone

Se você não sabe como fazer cobrança por telefone, vale a pena seguir alguns passos. Confira abaixo 6 dicas que podem ajudar você e saiba como melhorar seus resultados na hora de cobrar dívidas antigas de seus clientes.

É importante saber como fazer cobrança na hora de falar com o cliente.
Na hora de cobrar dívida por telefone, empresas devem ter a maior quantidade possível de informações sobre o cliente. Foto: iStock, Getty Images

1. Esteja preparado para todas as situações

Preparação é fundamental. Antes de fazer a ligação, imagine as possíveis desculpas que podem ser dadas e pense como refutá-las. Em artigo publicado no ABC-Amega.com, o vice-presidente de Assuntos Internacionais da empresa, Robert Tharnish, afirma que isso é importante para ajudar a rebater rapidamente aquilo que o cliente disser, tornando a ligação mais eficiente.

2. Arme-se com os fatos

Antes de pegar o telefone, você precisa estar munido com todas as informações referentes à cobrança que será feita. Com os fatos em mãos, fica mais fácil de manter a conversa sob controle. Se a conversa for por um caminho que você não planejou, dificilmente os resultados serão positivos. Vale a pena ter em mãos informações como montante da dívida, termos de compra e venda, produtos ou serviços adquiridos, datas de vencimento e outras eventuais faturas em aberto.

3. Faça perguntas em aberto

Evite perguntas simples, cujas respostas possam ser apenas sim ou não. Tente chegar o mais perto possível do devedor, para que ele possa fornecer o máximo de informações possível. Muitas vezes, eles não querem falar, mas a maneira como você busca extrair essas informações pode fazer a diferença.

4. Seja agradável e, ao mesmo tempo, permaneça no controle

Questões como o tom de sua voz podem afetar o caminho para o qual a conversa vai rumar. Se você for positivo e animador, a pessoa do outro lado da linha pode responder melhor. No entanto, ao mesmo tempo, você deve mostrar que está no controle, sem entrar na defensiva.

5. Evite o confronto

Tente evitar o confronto ao máximo, mas não permita que você seja manipulado. Tente determinar se aquela desculpa para o não pagamento da dívida é legítima. No entanto, cuidado para não fazer julgamentos precipitados e causar ainda mais problemas para a empresa.

6. Dê opções

Você deve dar opções para o devedor efetuar o pagamento. Se você oferecer determinada condição e a pessoa preferir outro método, como cartão de crédito, por exemplo, garanta a ela essa possibilidade. Se a quitação será feito por cheque, você pode disponibilizar alguém para fazer a retirada em mãos. O mais importante é que você esteja disposto a receber.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus amigos nas redes sociais.