Conheça as vantagens e desvantagens de utilizar um intermediador de pagamentos

Deixar um comentário

Você está começando um negócio online e não sabe como receber pagamentos? Se a sua empresa é pequena, provavelmente a melhor opção é contratar os serviços de um intermediador em vez de estabelecer um sistema próprio de recebimento. Intermediadores são fáceis de integrar e assumem os riscos envolvidos nas transações.

O que é um intermediador de pagamentos

É um tipo de sistema que facilita o pagamento de produtos e serviços vendidos na internet. Se você tem uma loja virtual, pode utilizá-los para terceirizar o processo de recebimento e transferências de valores para a conta de seu negócio sem precisar estabelecer um sistema próprio.

intermediador
Com um intermediador de pagamentos online, você pode terceirizar o processo de recebimento de valores da sua empresa. Foto: iStock, Getty Images

O intermediador de pagamentos mais conhecido do mundo é o PayPal, serviço criado em 1998. Possui dezenas de milhões de contas internacionais e faturou US$ 7,9 bilhões em 2014. Ele permite o envio e recebimento em 24 moedas diferentes. Exige que o cliente possua apenas um endereço de e-mail e pode ser utilizado para receber pagamentos por qualquer tipo de negócio, seja uma loja virtual, um site, um blog, uma página de rede social ou até uma operação realizada por e-mail.

Custos

Os custos e taxas envolvidas neste serviço variam de empresa para empresa, mas, em geral, a taxa por transação oscila entre 5,4% e 7% para vendas por cartão de crédito e 1,9% e 2,9% para vendas por boleto e débito.

Vantagens do intermediador de pagamentos

Existem múltiplas vantagens de se adotar um intermediador de pagamentos. Para quem tem um pequeno negócio, a principal vantagem é que você pode utilizar esse tipo de serviço antes mesmo de constituir uma empresa e integrá-lo ao seu site de forma fácil, pois ele é compatível com múltiplas plataformas.

Em segundo lugar, o intermediário assume os riscos envolvidos em transações de compra e venda. Assim você pode cortar as despesas necessárias em tecnologias de segurança para controlar os pagamentos, que costumam ser bem altas. Ter uma garantia contra fraudes é essencial para você e para o cliente.

O intermediador de pagamento ainda oferece maior comodidade para você e para seus clientes, já que permite ao comprador fazer o parcelamento de uma compra ao mesmo tempo que você pode retirar o valor à vista.

Desvantagens

Nem tudo é vantagem. Em geral, o intermediador cobra taxas mais altas por transação do que se você tivesse um sistema próprio. Além disso, o tempo para o recebimento dos valores é maior, assim como o processo de aprovação de um pagamento também pode ser mais demorado.

Outro problema relacionado a intermediários é o fato de muitos clientes não gostarem de utilizar esse tipo de serviço ou não saberem como utilizar, o que leva ao abandono de compras quando elas já estão no carrinho e prontas para serem finalizadas.

Avaliação

Antes de contratar uma empresa que oferece esse serviço, é essencial que você analise o percentual cobrado por cada operação e os critérios para o reembolso em caso de fraudes. Também vale a pena avaliar o prazo médio para aprovação dos pagamentos e a eficiência e agilidade do atendimento.

Comentários

  1. Carlos S dice:

    Alguém já usou o PayU como intermediador? Pode me dizer se vale a pena?