É possível aumentar a rentabilidade da empresa sem cobrar mais?

Deixar um comentário

Qual empresário não quer ver uma margem de lucro cada vez maior na sua empresa? Para alguns, basta aumentar o preço dos produtos e pronto – mas o caminho está longe de ser tão simples. Você pode aumentar a rentabilidade de um negócio mantendo preços competitivos. Duvida? Então vamos falar sobre planejamento.

Planejamento permite melhor gestão de recursos

Planejamento é a palavra-chave para tornar a empresa mais lucrativa. “Planejar possibilita melhores negociações e melhor gestão de recursos, tanto financeiros quanto de pessoas. Otimizar o uso destes recursos possibilita ao empreendedor aumentar a rentabilidade mesmo em tempos de crise, onde muitas vezes não é possível crescer”, garante Fábio Yamamoto, sócio da Tiex, empresa especializada em consultoria e gestão corporativa.

aumentar a rentabilidade
Aumentar a rentabilidade da empresa requer planejamento e capacidade de gestão durante momentos de crise. Foto: iStock, Getty Images

De acordo com Yamamoto, momentos de crise são justamente os mais delicados, pois a competição aumenta e, consequentemente, há queda na lucratividade. “No entanto, os mesmos cuidados a se tomar em momentos de crise devem ser exercitados de forma permanente. O que irá preparar o empreendedor para os momentos de crise é o trabalho e planejamento mantidos durante toda a existência da empresa”, destaca.

4 dicas para aumentar a rentabilidade da empresa

Confira, abaixo, quatro dicas elaboradas por Fábio Yamamoto para aumentar a rentabilidade da sua empresa.

1. Gestão de recursos inteligente

Gerir recursos de forma eficiente, evitando gastos supérfluos, não significa deixar de investir – pelo contrário. “Significa investir de forma inteligente, concentrando recursos e esforços de forma a garantir a continuidade e, quem sabe, o crescimento do negócio mesmo em um momento de crise”, destaca Yamamoto.

2. Invista nas pessoas

Investir nas pessoas, criando um ambiente altamente inspirador, gera alternativas que podem ser a diferença entre crescer ou quebrar. Para o especialista, pessoas motivadas, qualificadas e capacitadas tendem a apresentar resultados além das expectativas.

3. Prepare-se para todas as possibilidades

Sobreviver é importante, mas estar preparado para quando a tempestade passar é tão fundamental quanto. As crises são cíclicas e, por isso, é importante que o empreendedor esteja preparado não só para enfrentá-las, mas também para crescer de forma sustentável quando o momento de turbulência tiver passado.

4. Observe os limites éticos

A ética nos negócios sempre é recompensada. Atuar de forma transparente e honesta perante os clientes e o mercado atrairá cada vez mais clientes. Comportamento ético deve ser pregado e, mais do que isso, deve ser exercitado. “Como cobrar honestidade e transparência das autoridades se não as praticarmos?”, finaliza Yamamoto.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus seguidores nas redes sociais.

Matérias relacionadas:

Entenda como equilibrar o crescimento com a lucratividade

Lucratividade e rentabilidade são a mesma coisa? Descubra

Veja 5 erros comuns que reduzem a rentabilidade

Aprenda como calcular a margem de lucro de seu negócio

Saiba por que o reinvestimento de lucro é importante para o negócio