Contraproposta: quais as desvantagens para a empresa

Deixar um comentário

Pablo é um bom funcionário e cumpre suas tarefas e as metas estabelecidas pela empresa. Porém, conseguiu uma nova posição no mercado e pediu demissão. O que a empresa faz para tentar reter esse funcionário? Uma contraproposta. Com o salário aumentado e a oferta coberta pela empresa atual, Pablo continua trabalhando com você.

Pablo é um personagem fictício, mas a situação é bastante comum em muitas empresas. Se você considerar os custos e dificuldade para repor um profissional importante no organograma da empresa, a contraproposta pode parecer bastante vantajosa para a companhia. Mas ela também pode trazer desvantagens. Siga a leitura e saiba mais.

contraproposta
Plano de carreira é uma ferramenta eficiente de retenção de funcionários. Foto: iStock, Getty Images

Prática da contraproposta é comum no mundo todo

A contraproposta na hora em que um funcionário pede demissão é uma prática adotada por 71% das empresas globalmente. O dado é de uma pesquisa da empresa de recrutamento Robert Half, realizada com 1 mil diretores de recursos humanos (RH) de oito países.

Mas por que isso acontece? Principalmente pelo medo de perder talentos. Segundo um outro estudo da Robert Half, 86% dos diretores de Recursos Humanos no Brasil e no Chile se preocupam com esse problema.

Para Isis Borge, gerente de divisão da Robert Half, o receio dos líderes de RH é fruto da escassez de profissionais capacitados. “Nossa percepção é de que falta mão de obra especializada e por isso as empresas têm de preservar os melhores recursos disponíveis”, diz.

Mas por que então somente batalhar para manter um bom colaborador no momento em que ele pede demissão? Segundo profissionais de RH, somente a contraproposta para aumentar o salário pode não ser suficiente. Afinal, mesmo que ela seja aceita pelo funcionário, pode ser tarde demais.

Fernando Mantovani, diretor de operações da Robert Half, orienta sobre alguns dos riscos que a contraproposta traz às empresas. “Mesmo que aceite a oferta, o profissional tende a sair em um curto espaço de tempo, pois o que o incomodou a ponto de pedir demissão quase nunca está relacionado apenas à remuneração. Os outros motivos de insatisfação continuam”, explica.

Segundo Isis, o plano de carreira é uma ferramenta eficiente de retenção. “Quando um talento é identificado, a empresa deve deixar clara a sua projeção de carreira dentro da organização. Muitas vezes, o funcionário não tem um alto salário, mas se mantém motivado devido a outros benefícios”, completa.

Desvantagens e riscos da contraproposta para a empresa

Confira abaixo algumas das possíveis armadilhas de uma contraproposta ao funcionário que pediu demissão, segundo a Robert Half.

– Alguns chefes não estão dispostos a “perdoar” o fato de que o funcionário pensou em aceitar uma oferta de outra empresa e isso pode gerar dúvidas em relação ao seu comprometimento.

– Estudos realizados pela Robert Half mostram que funcionários que aceitam uma contraproposta costumam sair, voluntariamente ou não, depois de até um ano, uma vez que as razões que o levaram a procurar um novo emprego ainda persistirão. O aumento de salário pode ter sido um paliativo para a situação, mas o relacionamento tenso com o chefe e a falta de tempo para a vida pessoal provavelmente vão continuar, por exemplo.

– As contrapropostas também costumam afetar a reputação profissional, tanto com o empregador atual quanto com o potencial. A empresa realizou a entrevista pode questionar o porquê de o funcionário ter procurado um novo emprego. Além disso, o atual chefe pode achar que a busca por uma nova oportunidade foi uma carta usada para negociar salário e conseguir uma promoção.

– É comum que a empresa faça muitas promessas de melhorias, mas também é comum que as mesmas promessas não sejam cumpridas e no curto prazo o profissional se frustre.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus seguidores nas redes sociais.

Matérias relacionadas:

Saiba como elaborar uma boa proposta comercial

Estilos de negociação: descubra como melhorar a sua capacidade argumentativa

Saiba como criar uma política de retenção de talentos na sua empresa

Atrair e reter talentos é condição para o sucesso da sua empresa