Descubra por que o planejamento é essencial na hora de contratar funcionários

Deixar um comentário

Saber qual é o momento certo de contratar novos funcionários e recrutar os melhores profissionais da área são os grandes desafios do setor de recursos humanos de uma empresa. Por essa razão, é fundamental investir em planejamento e ter alguns cuidados na hora de admitir, evitando arrependimentos e custos desnecessários.

Mas o que deve ser levado em consideração para contratar profissionais e como não errar na tomada de decisão? Dúvidas como essas são frequentes entre os gestores que, muitas vezes, ficam receosos diante da situação. Para ter as respostas desses questionamentos, confira algumas dicas abaixo.

A hora certa de contratar

Muitas empresas acabam admitindo novos funcionários somente quando surge uma necessidade. No entanto, esse comportamento deve ser evitado, já que pode ser danoso para o negócio. Segundo Luiz de Paiva, criador da Rede O Gerente e do portal Recursos e Humanos, a hora certa de contratar alguém é antes de precisar da pessoa.

“Se a contratação é feita somente quando já existe a necessidade, a empresa ainda passa por um período de restrição de recursos, uma vez que é preciso fazer os processos de seleção, contratação e treinamento do funcionário. Isso pode tomar um bom tempo”, explica.

contratar
Planificação e recrutamento devem existir antes mesmo da necessidade de novos profissionais. Foto: iStock, Getty Images

A importância do planejamento para contratar

E então, como agir para não enfrentar essa situação? De acordo com Paiva, a planificação dos recursos humanos é fundamental nessa hora. “Em função do planejamento estratégico da empresa, do ritmo de crescimento e dos novos projetos em desenvolvimento, é possível prever a necessidade de pessoas e as habilidades específicas que serão requeridas”, aponta.

Segundo ele, é assim que a empresa consegue iniciar todo o processo com antecedência e ter o funcionário trabalhando de forma eficaz no momento em que é mais necessário.

O que acaba acontecendo, muitas vezes, é que a empresa contrata novos profissionais e logo se arrepende – precisando recorrer à demissão em seguida. Essa situação, além de gerar incômodos tanto para os gestores quanto para os funcionários, demanda altos custos trabalhistas, que poderiam ser evitados.

Para não cometer erros, Paiva reforça a importância do planejamento estratégico nesse caso. “O mais importante é que os responsáveis pela contratação realmente invistam tempo para determinar as habilidades e competências necessárias para o cargo, além de avaliar cuidadosamente os candidatos. Claro que esso pode ser um processo longo e cansativo, mas é valioso”, considera.

Além disso, o especialista faz um alerta para gestores que pulam etapas da seleção, contratando profissionais sem avaliar todos os aspectos necessários.

“Os impactos podem ser muito fortes, gerando custos e desgaste para a empresa, caso o novo funcionário tenha que ser demitido. As leis trabalhistas são bastante rigorosas, e o gasto de contratar para logo dispensar é altíssimo”, salienta.

Foco no recrutamento

Se você está pensando em contratar novos funcionários para sua empresa, não esqueça: é preciso se adiantar às necessidades e investir fortemente no planejamento. Dessa forma, o processo de recrutamento será mais tranquilo e evitará situações desconfortáveis no futuro, que envolvem custos e desconforto.

É importante, ainda, estar atento ao mercado e buscar profissionais de destaque, que qualifiquem os processos da companhia, mesmo quando não há uma vaga em aberto.

Gostou das dicas do artigo? Então compartilhe o texto com outras pessoas nas redes sociais. Aproveite para deixar sua opinião sobre o tema por meio de um comentário na página. Boa sorte!

Matérias relacionadas

Equipe freelancer: conheça as vantagens e desvantagens

Web design: até que ponto vale a pena contratar um profissional especializado?

Conheça as vantagens de contratar um jovem aprendiz