Economia de luz na empresa ajuda o meio ambiente e o empreendedor

Deixar um comentário

A sustentabilidade é uma das grandes preocupações do século 21. Com a industrialização e a produção de bens de consumo atingindo índices cada vez mais altos, quem paga a conta é o meio ambiente.

Para enfrentar esse problema, uma das principais medidas às quais micro, pequenas e médias empresas podem recorrer é a economia de luz. Agindo dessa forma, o empreendedor poupa de duas formas: no impacto ambiental e no impacto dos custos.

Segundo o sócio da Interact Consultoria em Energia, Rafael Herzberg, os maiores vilões da economia de luz de uma empresa por vezes acabam sendo os próprios colaboradores – de maneira não intencional. Em muitos casos, eles desconhecem ou não aplicam as práticas de economia de energia.

Mudança de postura para a economia de luz

Conforme Herzberg, a mudança de hábitos no que diz respeito à postura da empresa diante da economia de luz e energia deve partir de cima. Os escalões diretivos devem descobrir quais são as premissas para se desenvolver programas de economia de luz. Ou seja, deve ser feito um planejamento de quais exigências serão feitas, prazos de execução, quais os colaboradores tomarão para si a tarefa de fazer com que as equipes participem deste movimento, entre outros.

economia-de-luz
Economia de luz no meio corporativo ocorre em função da preocupação financeira e com o meio ambiente. Foto: iStock, Getty Images

 

A postura dos dirigentes é central no que diz respeito a essas mudanças.“Havendo comprometimento em torno do uso eficiente da energia, as chances de conquista e manutenção de resultados de excelência são maiores”, explica Herzberg. De acordo com o consultor, os gestores devem estabelecer no programa toda e qualquer previsão de mudança a ser feita, seja ela estrutural ou não. Ele avisa, também, que fontes alternativas de energia podem e devem ser incluídas nestes planos.

Segundo Herzberg, a melhor receita para um planejamento de economia de luz colocado em prática sem prejudicar o rendimento dos negócios é pensar nas oportunidades que envolvem todas as cadeias de valores, abrangendo desde a contratação de diversas fontes de energia (biomassa, biodiesel) até eficiência energética e melhoria de processos de conversão de energia.

Dicas que vão ajudar na economia de luz no escritório

Não é apenas em grandes empresas que se pode caprichar na economia de luz. Veja dicas para poupar no escritório:

– Oriente para que os equipamentos eletrônicos sejam sejam desligados ao fim do expediente, na medida do possível

– Reserve um momento para conversar com os funcionários a respeito dos cuidados para a economia de luz e os lembre de pequenas atitudes que contam muito, como desligar a luz de ambientes que não estão sendo utilizados

– Use ao máximo a luz solar, fazendo com que o ambiente de trabalho receba tanto quanto possível a luz natural durante o dia

– Opte sempre por móveis de cores mais claras, já que móveis escuros absorvem a luz e também deixam o ambiente mais quente

– Troque os equipamentos de seu negócio por opções mais econômicas, como lâmpadas de LED, por exemplo, e aparelhos de ar condicionado com tecnologia inverter, que também consomem menos

– Invista na manutenção preventiva de todos os equipamentos para que eles funcionem de maneira adequada e não gastem mais energia do que o necessário.

Comentários

  1. Carlos S dice:

    A diferença na conta no fim do mês é absurda! Com pequenas medidas adotadas pelos funcionários durante a semana, a economia é bem expressiva.