Empowerment: como o empoderamento pode ajudar sua empresa

Deixar um comentário

Você está querendo modernizar a gestão da sua empresa para obter resultados mais satisfatórios e aumentar a produtividade dos seus funcionários? Para alcançar esse cenário, uma estratégia que vem ganhando força entre os gestores é a de empowerment. Já ouviu falar?

O empowerment, ou empoderamento, é focado na desburocratização, na descentralização, na flexibilização e na inovação. O objetivo é dar mais poder de decisão, autonomia e possibilidades de participação na gestão da empresa aos funcionários de todos os níveis.

Como funciona o empowerment

Para o professor de Administração Idalberto Chiavenato, o empowerment melhora a qualidade e a produtividade dos colaboradores, tornando o resultado do serviço prestado satisfatoriamente melhor.

empowerment
No modelo de empowerment, os funcionários ganham mais autonomia e liderança na empresa. Foto: iStock, Getty Images

Essas melhorias acontecem por meio da delegação de autoridade e de responsabilidade, fomentando a colaboração sistêmica entre diferentes níveis hierárquicos e a propagação de confiança entre os liderados e os líderes.

Existem quatro pontos principais nos quais esse conceito se baseia. O primeiro deles é o poder. Para que o empowerment funcione, o gestor precisa delegar autoridade e responsabilidade em todos os níveis da empresa. Isso significa dar importância e confiar nas pessoas, dar-lhes liberdade e autonomia de ação.

O segundo é a motivação. Reconhecer o bom desempenho, recompensar os resultados e festejar o alcance das metas é importante na aplicação desse conceito da administração.

O terceiro ponto é o desenvolvimento. Os colaboradores precisam ser capacitados continuamente, seja por meio de novas informações e conhecimento, cursos ou na retenção de talentos dentro da companhia.

Por fim, o empowerment também se baseia na liderança. Para que funcione, as decisões não podem ser centralizadas. As empresas precisam dar liderança aos funcionários para tornar os processos mais eficazes e fazer os colaboradores se sentirem mais úteis.

Vantagens e desvantagens do empowerment

A aplicação do conceito de empowerment para as empresas traz uma série de vantagens, mas também é preciso tomar alguns cuidados para que essa cultura não prejudique o funcionamento do negócio.

Entre as vantagens, o empowerment promove a formação de novos líderes. Novas oportunidades e ampliação da visão do negócio fazem os funcionários melhorarem a tomada de decisões, o planejamento e a execução de atividades essenciais para a empresa.

Além disso, nota-se uma melhoria no ambiente de trabalho. Com todos os colaboradores compartilhando decisões e liderança, a motivação tende a aumentar. Além disso, essa cultura aumenta a cooperação entre as pessoas, que trabalham juntas para o desenvolvimento do negócio.

No entanto, alguns pontos devem ser sempre controlados de perto. O cuidado mais importante é observar funcionários que não estejam prontos para lidar com o aumento de responsabilidades e de tomadas de decisão. O aumento no estresse ou abuso de poder estão entre os comportamentos que devem ser combatidos.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus seguidores nas redes sociais.

Matérias relacionadas:

Confira dicas para aumentar a produtividade de seu pequeno negócio

Inovação: Uma aposta oportuna para as empresas da América Latina

Conheça os desafios de unir empreendedorismo e inovação