Rotina empresarial: como organizar o horário de almoço dos funcionários

Deixar um comentário

Se a sua empresa não interrompe a operação ao meio-dia, justamente porque há um bom fluxo de clientes que aproveita o horário de almoço para frequentar a sua loja, é necessário organizar os turnos de trabalho da sua equipe para que a empresa não fique desguarnecida.

Essa organização pode ser um bom desafio, já que diferentes desejos e expectativas devem ser considerados e conciliados. Imagine que você não quer fechar as portas, mas seu vendedor deseja sair para resolver problemas pessoais, outro funcionário não aceita almoçar sozinho e um terceiro costuma fazer a refeição em casa, pois mora perto da empresa. Como organizar o horário de almoço e encontrar a melhor solução para todos?

horario de almoco
Intervalo entre os turnos costuma ser aproveitado de diferentes maneiras pelos colaboradores. Foto: iStock, Getty Images

Organizando o horário de almoço dos funcionários

Organizar e controlar o horário de almoço dos funcionários demanda sensibilidade aos anseios da equipe, mas também requer postura profissional. Confira nossas dicas:

Entenda os desejos

Procure conversar com os seus colaboradores (se a sua empresa for enxuta) ou com os principais supervisores (quando há muitos funcionários) para conhecer possíveis particularidades de cada caso. Ao dar voz aos seus funcionários, você pode conquistar a sua confiança e comprometimento, mostrando que se importa com suas opiniões. Casos específicos devem ser analisados com atenção.

Priorize o atendimento e as vendas

Ao atuar com a equipe reduzida no horário de almoço, você deve priorizar os setores com demandas urgentes. Não é possível, por exemplo, deixar um cliente sem atendimento ou ignorar ligações importantes. Estabeleça suas prioridades e organize os horários a partir delas.

Invista no revezamento

Para atender aos desejos de todos e manter a empresa em operação, uma dica valiosa é criar um sistema de revezamento, em que os profissionais se alternam nos cargos estratégicos. Quatro funcionários podem revezar na mesma função, adiando ou antecipando o horário de almoço uma semana por mês, por exemplo.

Procure fazer justiça

Evite conceder privilégios, pois isso tende a minar o bom convívio entre os colegas e pode enfraquecer sua relação com os funcionários. Seja transparente e justo na hora de atender aos desejos de cada um e no momento de implementar o rodízio – cuidado com a criação de precedentes.

Não esqueça dos sistemas de controle

Tudo vai depender do estilo da sua empresa: em companhias nas quais a relação de confiança predomina, o empreendedor pode deixar o controle do tempo nas mãos do funcionário, mas, quando há muitos funcionários e diferentes setores, talvez seja imprescindível adotar mecanismos para controlar o tempo, como o cartão ponto.

Considere ser flexível

A flexibilidade pode ser um diferencial na hora de recrutar profissionais. Por isso, é importante analisar as vantagens e desvantagens da prática.

Mantenha os clientes informados

Seja qual for a sua decisão, é preciso esclarecê-la aos clientes: mantenha as informações sobre o funcionamento da empresa sempre visíveis, seja nas redes sociais, no site institucional ou no conteúdo de divulgação.

Horário de almoço pode ser momento de integração

Não raro, os funcionários aguardam pela hora do almoço com ansiedade, já que ela configura uma oportunidade de colocar a conversa em dia com os colegas, conversando abertamente sobre os últimos eventos esportivos ou sobre a polêmica do momento.

Além disso, esse momento pode servir para fortalecer a amizade e o companheirismo entre os colegas, assumindo um papel motivador no dia a dia. Se você tem espaço, pode contribuir para o entretenimento criando uma sala com opções de leitura (revistas e jornais), jogos de tabuleiro ou de bilhar e videogames.

Além da integração e da recreação, o horário de almoço pode ser aproveitado pelos funcionários para descansar entre os turnos, inclusive cochilando por alguns minutos. Se os seus colaboradores demonstrarem interesse, você pode investir em mecanismos que facilitem a soneca: pufes, sofás, redes e cadeiras de descanso podem cumprir essa função.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus amigos nas redes sociais.

Matérias relacionadas

Análise de custos fixos é ponto de partida para reduzir gastos

Descubra a importância das normas de etiqueta no trabalho

Confira 18 dicas para fazer uma apresentação efetiva