Certificação ambiental: conheça as alternativas e descubra se vale a pena

Deixar um comentário

Validar os processos e garantir a credibilidade da preocupação empresarial com a sustentabilidade. É essa a principal função da certificação ambiental. Conheça as principais alternativas para essa comprovação e descubra quando vale a pena investir.

Certificação ambiental permite posicionar a empresa

Ao obter uma certificação ambiental na sua empresa, você garante aos investidores, aos clientes e ao público em geral que está comprometido com o meio ambiente. Trata-se, portanto, de um comprovante a favor da sustentabilidade, pois demonstra a eficiência dos processos ecologicamente corretos.

Em alguns casos, a certificação ambiental pode representar uma vantagem competitiva. Se os seus clientes valorizam a causa e priorizam empresas sustentáveis, é razoável esperar um crescimento das vendas depois de garantir o certificado.

Entre as possíveis vantagens, é possível citar:

– Aperfeiçoar a gestão de recursos e resíduos

– Desenvolver uma imagem institucional de credibilidade

– Controlar e acompanhar o impacto das operações da empresa sobre o meio ambiente

– Potencializar parcerias de negócios e aumentar o escopo de clientes em potencial

certificacao ambiental
Preocupação com o meio ambiente e com a sustentabilidade é certificada por órgãos nacionais e internacionais. Foto: iStock, Getty Images

Principais alternativas de certificação ambiental

A seguir, você confere algumas das principais certificações ambientais à disposição no mercado:

Rainforest Alliance Certified

Essa certificação é válida para produtos agrícolas, como frutas, café, cacau e chás. Ela comprova que os produtores respeitam tanto a biodiversidade como os trabalhadores rurais envolvidos no processo. O certificado é importante principalmente para quem exporta produtos para os EUA e para a Europa.

FSC (Forest Stewardship Council)

O FSC simboliza a proteção às florestas. Essa certificação ambiental é inserida em produtos cujas matérias-primas são oriundas de florestas, para atestar a origem correta e sustentável dos produtos. A extração de celulose para a produção de papel é o principal exemplo.

Carbon Trust Standard

Esse certificado é especialmente importante para indústrias, pois está relacionado ao consumo de energia, à emissão de CO2 e ao consumo de água. Adotando as práticas descritas para garantir o certificado, é possível reduzir o impacto ambiental com processos mais eficientes. A certificação atesta mais de mil organizações em todo o mundo.

ISO 14001

Talvez a mais conhecida entre as certificações ambientais, a ISO 14001 comprova a preocupação com o meio ambiente de mais de 300 mil empresas, em 171 países. Assim como o Carbon Trust Standard, é focada na diminuição dos riscos de poluição e no desenvolvimento de processos produtivos e de gestão capazes de amenizar a agressão ao meio ambiente.

Esteja atento às possíveis desvantagens

Mas nem tudo são flores quando o assunto é certificação ambiental. Na condição de pequeno empresário, você precisa estar atento às possíveis desvantagens da implementação dos processos que visam alcançar os certificados na sua empresa.

Dependendo do seu ramo de atuação, as ações necessárias para garantir o certificado – e mantê-lo – podem ser caros. Quando os consumidores não estão dispostos a pagar mais pelos produtos ecologicamente corretos e sustentáveis, isso pode significar a queda das vendas ou a redução da taxa de lucro.

Trata-se, portanto, de uma decisão estratégica: você precisa analisar até que ponto vale a pena investir nesse segmento. Para fazer isso, a melhor alternativa é conhecer o público-alvo em detalhes e procurar exemplos na indústria. Converse com as empresas certificadasda sua região, procure entender os benefícios no médio e longo prazo e coloque tudo na balança.

Além disso, vale lembrar que utilizar o selo como estratégia de marketing é tentador, mas pode levantar dúvidas a respeito das suas reais intenções. Para algumas pessoas, a preocupação com o meio ambiente deveria ser prioridade para todas as empresas. Nessa linha de pensamento, fazer da certificação um instrumento de publicidade seria uma afronta à causa nobre na qual ela se sustenta.

E aí, gostou da matéria? Se as dicas foram úteis para você, compartilhe esse artigo nas redes sociais e traga seus amigos, colegas e seguidores para a discussão. Em caso de dúvidas a respeito do assunto, deixe um comentário.

certificação ambiental

Matérias relacionadas

Etsy: plataforma inspiradora para empreendedores

Sustentabilidade é oportunidade de negócio para startups

Descubra a importância da tecnologia social