Confira dicas para tirar uma ideia inovadora do papel

Deixar um comentário

Ter uma ideia inovadora é fundamental para criar um negócio de sucesso. Mas, se você não a tirar do papel, de nada adianta. É somente quando ações são colocadas em prática que surgem os tão sonhados empreendimentos.

Para concretizar uma ideia inovadora, é necessário ter algumas noções sobre o mundo do empreendedorismo, pois elas norteiam as ações que devem ser tomadas por quem pretende dar os primeiros passos. Criar um plano de negócios, analisar o mercado em que pretende atuar e planejar a viabilidade financeira da empresa são alguns requisitos que você não deve esquecer na hora de colocar em prática a sua ideia.

inovadora
Para tirar uma ideia inovadora do papel, é preciso planejar os passos iniciais do negócio. Foto: Shutterstock

Como colocar uma ideia inovadora em prática

Principalmente para empreendedores sem muita experiência, pode ser difícil planejar o início do negócio. Mas, com algumas dicas, é possível traçar objetivos para a fase de criação do negócio.

Conheça o mercado

Em primeiro lugar, pesquise sobre o mercado no qual a sua empresa estará inserida. Saiba quais são as necessidades e o cenário da área, a partir de conversas com pessoas que entendem do setor, leituras sobre o assunto e opiniões de possíveis clientes, fornecedores e investidores. Esse processo auxilia na validação da ideia inovadora.

Analise a ideia e conheça o consumidor

Além de conhecer o mercado, você deve refletir se a ideia é mesmo inovadora. Analise se o seu produto ou empresa resolverá problemas de consumidores e quais serviços na área já estão disponíveis no mercado. Se chegar à conclusão de que haverá consumidores, tente definir o perfil deles, desvencilhando-se de rótulos básicos como idade, gênero e classe social. Saiba quem serão seus clientes, tentando entender do que eles gostam e que lugares frequentam, por exemplo.

Faça um plano de negócios

O plano de negócios é fundamental para criar um retrato do mercado, do produto e das ações que o empreendedor deverá realizar. Esse documento é importante em todos os estágios do negócio e funciona como uma espécie de guia para a gestão estratégica. Com ele, é possível visualizar melhor os objetivos e até mesmo saber o quanto será necessário investir.

Como viabilizar uma ideia inovadora

Na hora de abrir o próprio empreendimento, muitas pessoas se deparam com um problema: a falta de capital. No entanto, se você não sabe como viabilizar o projeto, saiba que existem algumas alternativas que podem lhe ajudar no processo.

Aceleradoras e incubadoras

As aceleradoras são empresas lideradas por empresários ou investidores experientes –  que buscam investir em startups. Elas são focadas em empresas com potencial para crescerem rápido.

As incubadoras, por sua vez, são um mecanismo que estimula novos empreendimentos, auxiliando o novo empresário no negócio. Elas oferecem suporte aos empreendedores, oferecendo infraestrutura, capacitação e suporte gerencial. Geralmente, elas estão presentes em universidades e parques tecnológicos.

Crowdfunding

Se você não tem dinheiro para dar o pontapé inicial no empreendimento, uma boa opção são os financiamentos coletivos, que funcionam como uma vaquinha: pessoas interessadas no seu projeto colaboram com dinheiro. Kickstarter, Indiegogo, Crowdfunder e RocketHub são quatro opções interessantes para quem busca viabilizar financeiramente o seu projeto.

Auxílio governamental

O capital também pode ser buscado por financiamentos governamentais. Atualmente, diversos países mantêm programas de ajuda financeira para startups e negócios ligados à indústria criativa e tecnológica.

Investidor anjo

Os investidores anjo são profissionais que auxiliam na fase inicial de startups não apenas com um capital inicial, mas também com orientação estratégica para o sucesso do projeto. Em troca, eles ganham uma participação no capital da empresa.

Gostou das dicas para tirar sua ideia inovadora do papel? Compartilhe!