Veja quais são as áreas de franquias em alta para 2016

Deixar um comentário

De acordo com estudo realizado pela empresa de consultoria Feher & Feher, a América Latina conta com mais de 7 mil marcas que atuam na área de franchising. Juntas, elas são responsáveis por um total de 2,85 milhões de empregos. Com as franquias em alta, cada vez mais empreendedores estão optando por esse modelo de negócio, que envolve menos riscos.

Para 2016, a expectativa é que o setor siga crescendo. Portanto, vale a pena ficar atento às opções que o mercado oferece. As franquias podem ser a sua oportunidade de iniciar em uma área lucrativa, que está em expansão em todo o mundo.

Áreas de franquias em alta para 2016

Ainda segundo a pesquisa da Feher & Feher, o Brasil é o país da região que reúne o maior número de franquias: são 125 mil unidades, distribuídas entre 2.492 marcas. Na sequência aparece o México, com 1.450 empresas e aproximadamente 77 mil pontos de venda.

franquias em alta
O Brasil é o país que concentra o maior número de franquias na América Latina. Foto: iStock, Getty Images

Para se ter uma ideia, mesmo como o momento de instabilidade econômica vivida pelo país, a estimativa é de que o Brasil feche o ano com um crescimento nominal de 10% no setor. O número deve ser maior em 2016, aponta André Friedheim, diretor internacional da Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Com base em pesquisas recentes, que medem as tendências na área de franquias, Friedheim destaca os segmentos que devem aparecer em ascensão ao longo de 2016 na América Latina: turismo, hotelaria, alimentação e veículos. Educação e treinamento também aparecem em ascensão.

“O segmento de beleza, esporte, saúde e lazer também pode surpreender com o chamado ‘efeito batom’. Ou seja, quando o consumidor não pode comprar uma casa ou carro novo, acaba adquirindo outros produtos de menor valor ligados ao bem-estar como uma espécie de compensação”, explica ainda.

Como escolher entre as franquias em alta

Só apostar em um segmento que cresce não é o bastante para garantir que a sua franquia vai render os resultados esperados. Para o diretor internacional da ABF, é importante, antes de tudo, conhecer bem o sistema de franchising. “Ele proporciona uma série de vantagens, mas traz também deveres que devem ser conhecidos do candidato antes de qualquer escolha”, aconselha.

Outro passo decisivo é buscar conhecer e reunir o máximo de informações sobre a rede de seu interesse. Se possível, vale até uma conversa com franqueados e ex-franqueados, que podem falar com propriedade sobre benefícios e desafios.

Tudo certo? Não esqueça de verificar todas as cláusulas de fazem parte do contrato, contando com a ajuda de um advogado de confiança, que possa esclarecer qualquer dúvida antes de fechar o negócio definitivamente.

Afinal, o contrato de franquias costuma ser de longo prazo e prevê uma série de obrigações. Sem entender o que essas condições exigem na prática, fica difícil ter a certeza de fazer a melhor escolha e investir o seu dinheiro com segurança.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus seguidores nas redes sociais.

Matérias relacionadas:

Conheça as 30 franquias mais baratas do Brasil

Home-care é boa oportunidade para quem deseja investir em franquias de serviço

Conheça 4 franquias de beleza e estética e saiba mais sobre esse mercado

Quero abrir uma franquia: confira os passos necessários para realizar esse sonho

Franquia de roupas ou loja própria? Confira prós e contras

Franquias de alimentação: conheça as vantagens e o mercado brasileiro