4 dicas para melhorar o disparo de e-mail marketing

Deixar um comentário

Na hora de pensar quais as melhores formas de divulgar um negócio, um produto ou serviço, o empreendedor se pergunta: será que o disparo de e-mail marketing ainda é uma ferramenta eficiente? As estatísticas mostram que sim.

De acordo com o iContact, esse método vive e vai bem. Segundo as pesquisas, consumidores que recebem e-mails gastam 83% mais quando estão fazendo compras online. Os pedidos que eles fazem são 44% maiores do que em relação aos demais consumidores.

A taxa de retorno é, em média, de US$ 44,25 por cada US$ 1 investido. 72% dos comerciantes crê que o retorno de investimento conseguido com disparo de e-mail marketing é muito bom. Mas não é apenas enviando uma mensagem com um conteúdo qualquer que você entrará para as estatísticas positivas.

Disparo de email Marketing devem ter textos curtos.
Engajamento através de e-mail depende da capacidade de chamar atenção com poucas palavras. Foto: iStock, Getty Images

Disparo de e-mail marketing: veja 4 dicas

Para melhorar seus resultados através do disparo de e-mail marketing, vale a pena seguir algumas dicas. Confira abaixo quatro delas e saiba como implementá-las nas suas ações.

1. Venda seu e-mail no campo do assunto

De nada adianta você fazer o disparo de e-mail marketing se as pessoas não abrirem e lerem a mensagem. Para que isso aconteça, você precisa conquistar a atenção do consumidor. Se a linha de assunto – a primeira coisa que o usuário vai ler – não fizer a pessoa pensar que de fato precisa ler aquele e-mail, ela não o fará, e a mensagem provavelmente vai parar na lixeira.

2. Utilize textos curtos

A maioria dos usuários não quer saber de textos longos, ou mesmo o conteúdo completo. O costume mais comum é fazer uma leitura apenas passando os olhos sobre os conceitos-chave. Por isso, você pode utilizar negritos para demarcar o conteúdo central.

Dê preferência a textos e parágrafos curtos e coloque links para quem quer saber mais sobre o assunto. Além de diminuir o interesse do usuário, textos longos podem ser mal interpretados por filtros de spams e antivírus. Lembre-se de que menos é mais.

3. Inclua algum tipo de “call-to-action”

Se seus clientes estão recebendo seus conteúdos através de e-mail marketing, é porque de fato eles optam por seguir tendo acesso a esse material. Portanto, dê meios para ele receber e saber mais sobre o seu negócio, seus produtos ou suas notícias. Convide-os a executar ações através desse contato.

4. Faça testes

Quando o assunto é disparo de e-mail marketing, não há nada pior do que perder tempo elaborando uma longa lista para seus clientes e acabar disparando um conteúdo que vai diretamente para as caixas de spam. Faça testes antes e verifique se há erros. Mantenha também um controle sobre sua lista, e confira se não há endereços errados, que não irão receber seu conteúdo.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus amigos nas redes sociais.

Matérias relacionadas:

Confira 5 insights para otimizar o envio de e-mail marketing

Aprenda a fazer o e-mail marketing perfeito com 7 dicas

Saiba como usar automação de marketing em favor de seu negócio

Campanha online: como incrementar as vendas com marketing digital

Ebook é arma do marketing digital para atrair clientes