Conheça a técnica de entrevista de trabalho de Anthony Parinello

Deixar um comentário

Uma entrevista de trabalho mal conduzida pode culminar na contratação de um profissional incapacitado para ocupar a vaga à qual foi selecionado, o que faz a companhia perder tempo e dinheiro. Para evitar que isso aconteça, muitos processos seletivos focam mais nas características pessoais dos candidatos do que no seu conhecimento técnico.

Afinal, você já deve ter conhecido alguém assim: altamente qualificado, com cursos, diplomas e experiências profissionais relevantes; nada disso, porém, refletia-se na rotina de trabalho, pois ele não conseguia cumprir os prazos ou ter a sensibilidade exigida para determinada função.

entrevista de trabalho
Técnica desenvolvida por autor aponta semelhanças entre vendas e processos de contratação. Foto: iStock, Getty Images

É essa ideia que Anthony Parinello usou como base para criar uma técnica inovadora para ter sucesso em uma entrevista de trabalho. O autor, conhecido pelo best-seller Selling to VITO: The Very Important Top Officer (livro publicado em 1995), tem escrito constantemente sobre sua técnica ao portal Entrepreneur.

O que diz a técnica de entrevista de trabalho

Em artigo publicado no Entrepreneur, Nance Rosen, executiva de marketing da  Coca-Cola, explicou a técnica. De acordo com ela, há uma semelhança muito grande entre vender para CEOs e participar de uma entrevista de emprego.

Segundo a técnica de Parinello, o traço comum entre vender e ser entrevistado é a de que o sucesso não está nas mãos da pessoa com quem você está conversando, nem no conjunto de capacidades que seu currículo reúne.

Um estudo do Carnegie Institute of Technology aponta que 85% da decisão de contratar ou não é influenciada com base em características pessoais, e apenas 15% depende de experiência, habilidades e outros requisitos técnicos.

Isso significa que a chave para obter sucesso em uma entrevista de trabalho depende de como a pessoa demonstra essas características. Mais do que demonstrar como se relaciona com os outros, ela precisa mostrar como se relaciona consigo mesma.

Aplicação prática

O que Parinello quer dizer com isso tudo é que o que faz a diferença é quem você mostra ser ao entrevistado. Voltando à metáfora das vendas, é omo se você estivesse vendendo a si próprio. Um bom entrevistador vai confiar muito mais no que ele acabou de ver sobre a personalidade do candidato do que no diploma que ele possui.

Para ter sucesso com essa técnica de entrevista de trabalho, o mais importante é que se demonstre características como elevada autoestima, autoconfiança e positividade.

Se o candidato demonstrar que acha que tem sorte por apenas ter conseguido a conversa, ou que está em nível inferior, provavelmente irá perder o trabalho. No entanto, se mostrar que pode estar no mesmo nível e dentro da mesma estrutura de negócios, as chances aumentam consideravelmente.

E quanto aos conhecimentos técnicos, eles não importam? Claro que sim, mas são mais fáceis de adquirir. Além disso, o que você vai levar em conta caso entreviste candidatos com a mesma formação escolar e profissional?

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus amigos nas redes sociais.

Matérias relacionadas:

Entrevista de emprego: conheça 4 erros comuns que o recrutador deve evitar

Descubra por que o planejamento é essencial na hora de contratar funcionários

Conheça a relação entre motivação e sucesso no mundo dos negócios

Saiba como gerir uma empresa de sucesso em 5 dicas