Etiqueta: saiba qual a postura adequada em uma reunião de negócios

Deixar um comentário

Postura, vestimenta e comportamento. Esses são apenas alguns aspectos das normas de etiqueta que devem ser observados em qualquer ambiente. Em uma reunião de negócios não é diferente. Respeitar algumas regras é importante para você e para sua empresa, e essas boas maneiras podem ajudar a passar mais credibilidade aos clientes e parceiros.

O que levar em conta na hora da reunião

Antes de uma reunião de negócios, estar atento ao visual é muito importante. De acordo com a especialista em etiqueta e fundadora da The Protocol School of Texas, Diane Gottsman, a reunião de negócios e a maneira como você se veste nela reflete seu profissionalismo e sua dedicação à empresa, além do respeito para com seu cliente.

Para Barbara Pachter, presidente e fundadora do Pachter & Associates, as normas dependem da cultura da companhia. No geral, os empresários podem usar as mesmas roupas usadas normalmente para trabalhar. “O mais importante é passar uma imagem profissional”, explica ela.

reuniao
Durante uma reunião de negócios, empreendedor deve se vestir adequadamente, e até uso de acessórios deve ser observado. Foto: iStock, Getty Images

Para explicar como deve ser a preocupação na hora de se preparar para uma reunião, Barbara usa o acrônimo desenvolvido por ela, o FACS, utilizado para ajudar a escolher as vestimentas adequadas para uma reunião de negócios. Confira:

F – A letra “F” representa o “fit” (ajuste), pois sua roupa deve caber adequadamente, ou seja, nem muito grande nem pequenas demais.

A – O “A” significa “acessories” (acessórios), que indica que você deve ter acessórios de qualidade, mas que ao mesmo tempo eles não predominem no seu visual.

C – O “C” representa “color” (cores). Essa é uma parte muito importante do visual. Segundo a especialista, cores mais escuras transmitem uma sensação mais forte do que as outras. Mesmo que não sejam tão potentes, esses tons podem ser mais apropriados em determinadas ocasiões, principalmente em dias mais leves.

S – Por último, o S significa “style” (estilo). Aqui, você pode variar conforme a formalidade da reunião. O mais importante é estar no mesmo nível dos outros integrantes.

Veja outras dicas de etiqueta em uma reunião de negócios

Para não errar na hora da reunião de negócios, algumas dicas são válidas. Confira três conselhos das especialistas Barbara Pachter e Diane Gottsman e veja por que a etiqueta pode fazer a diferença no mundo dos negócios.

Chegue a tempo

Pontualidade é fundamental. Comece e termine as reuniões no horário estipulado. Atrasos não devem ser tolerados. “É rude com os outros participantes chegar atrasado e perturbar a reunião”, expica Barbara. Entradas e saídas durante a conferência não são recomendados, pois dão a entender que você não está interessado naquilo que está sendo discutido. Além disso, tira o foco de quem permanece na sala.

Fique longe do telefone

Reuniões de negócios e telefones celulares não combinam. Mantenha seu aparelho no silencioso ou desligado, e não deixe à vista, em cima da mesa. Isso dá a impressão de que você trocará a reunião por qualquer outra situação. Também não é lugar de responder e-mails ou verificar notificações. Preste atenção naquilo que está sendo discutido.

Observe a postura

Pode parecer uma dica óbvia, mas principalmente quando são reuniões longas, é natural que a pessoa relaxe um pouco a postura. Não incline-se sobre a mesa nem mostre desleixo, pois isso pode passar uma má impressão, dando a entender que essa é sua postura comum no trabalho. E atenção: nunca coloque os pés sobre a mesa.

Etiqueta durante a reunião é fundamental. Sua postura nesses encontros revela sobre sua personalidade e sobre seu comprometimento no trabalho. Além das vestimentas, é importante observar o uso de acessórios e as comunicação corporal. Gostou desse texto? Então compartilhe o conteúdo com seus amigos através das redes sociais e deixe um comentário.

Matérias relacionadas

Confira 5 dicas importantes para realizar brainstorm

Modelos de cartões de visita: veja dicas para criar o seu