Saiba por que o Whatsapp marketing deve estar na estratégia de comunicação da sua empresa

Deixar um comentário

O aplicativo para envio de mensagens instantâneas mais popular do momento ficará bloqueado por 48 horas (até o final de sexta-feira, 18/12) no país e o assunto gerou uma grande celeuma. Quer prova maior da importância de investir no Whatsapp marketing?

Mas não pense que utilizar essa ferramenta no seu negócio significa apenas enviar qualquer mensagem para os seus clientes e esperar que tudo esteja resolvido. Para não errar na estratégia, confira as dicas que a equipe do Destino Negócio reuniu.

Por que usar o Whatsapp marketing

Seja para manter um relacionamento com o cliente, vender ou mesmo criar ações que buscam o engajamento entre a marca e o consumidor, o que você precisa ter claro é que, no cenário ideal, o Whatsapp marketing é usado de modo estratégico, por profissionais especializados.

Se usado sem esse planejamento cuidadoso, o aplicativo pode se tornar mais um problema para os seus negócios do que a solução de relacionamento que você tanto esperava. Afinal, como lembra Rafael Terra, CEO da agência Fabulosa Ideia, o uso do Whatsapp pelas empresas é menos sobre técnica e mais sobre estratégia.

Hoje, o aplicativo é o mais utilizado pelos brasileiros. Um dos principais motivos é a maneira instantânea em que a comunicação acontece, através de uma interface simples, ideal para quem não quer perder tempo. Popular em todas as camadas sociais, o seu uso pelas empresas deve ser tendência em 2016.

“De todos os clientes com os quais testamos o app como forma de atendimento, notamos que a aceitação sempre foi maior do que atendimento via ligação ou e-mail. Ou seja, todas as empresas devem se preparar para ter esta ferramenta como um dos seus principais canais de SAC o quanto antes”, aconselha Terra.

estratégias de Whatsapp marketing
Uso estratégico do Whatsapp ajuda a sua empresa a se relacionar com o cliente. Foto: iStock, Getty Images

Crie a sua estratégia de Whatsapp marketing

Mas, com o potencial que o Whatsapp tem como ferramenta de comunicação entre a sua empresa e o consumidor, vale pensar bem antes de sair por aí distribuindo mensagens. A primeira dica de Rafael Terra é não panfletar, principalmente quando você não tem a autorização do cliente para isso. Se ele não permitiu o uso do seu número, nem pense em contatá-lo pelo aplicativo.

“Se isso for feito, é spam, e quando alguém coloca o número como bloqueado, o relacionamento morre ali”, alerta. Para evitar que isso aconteça, pense no Whatsapp marketing como uma estratégia para mostrar que a sua marca pode ser acessada de maneira rápida, prática e barata, seja para tirar dúvidas ou orientar sobre os produtos e serviços oferecidos.

Outra possibilidade é criar ações pontuais na plataforma, que já tenham um tempo determinado previamente para duração, como a realização de sorteios ou anúncio de uma promoção, por exemplo.

Porém, não se esqueça de que tudo deve ser pensado para gerar no consumidor a vontade de adicionar o número da marca. Ou seja, nada de exagerar no número de mensagens – e na frequência de envio – e correr o risco de ser inconveniente.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus seguidores nas redes sociais.

Matérias relacionadas