Vender pelo Facebook: saiba mais sobre essa funcionalidade

Deixar um comentário

O Facebook anunciou, em setembro de 2015, uma nova funcionalidade, que permite criar lojas virtuais dentro da própria rede social. A empresa está testando formas de vender pelo Facebook, o que pode ajudar a alavancar os negócios da sua empresa.

Empresas no Facebook poderão também mostrar seus produtos disponíveis para compra diretamente em suas páginas, e usuários poderão fechar negócio usando o botão “Comprar agora“.

A rede social, que tem cerca de 1,5 bilhão de membros, também adicionou em seu aplicativo uma seção que leva o usuário a uma página de compras, na qual ele poderá navegar por uma série de marcas de um grupo selecionado de pequenos negócios, que aumentará ao longo do tempo.

Benefícios de vender pelo Facebook

A presença online das empresas já é um fato consolidado, mas o mesmo não se pode dizer das estratégias para aumentar as vendas. Muitas marcas continuam usando o Facebook apenas como uma vitrine dos seus produtos. “Muitos só partem para a presença online, sem estratégias, apenas porque isso se tornou obrigatório”, afirma a autora do livro Facebook Marketing, Camila Porto.

Segundo ela, é possível que qualquer empresa aumente suas vendas e encontre novas oportunidades de negócios através da presença nas redes sociais, relacionando-se com seu público e produzindo conteúdo que faça diferença.

agora é possível vender pelo Facebook
O Facebook está testando uma forma de vender pela rede social. Foto: iStock, Getty Images

Camila Porto explica que, como praticamente todos os usuários estão presentes no Facebook e no Google diariamente, o primeiro passo para uma empresa é se posicionar nesses espaços digitais. Uma página no Facebook e um bom posicionamento no Google são praticamente obrigatórios. Junto a isso, a companhia deve analisar em que outras redes sociais pode se posicionar. “O ponto de partida é saber onde seu público está”, afirma.

Embora as vendas online sejam um foco importante para muitos empreendedores, as ações e o conteúdo da empresa não precisam estar voltados apenas para que o cliente venda pelo site. Muitas das ações nas redes sociais podem se converter em vendas fora da web. “Hoje, com os celulares, o Facebook e a internet estão em todos os lugares, não existe mais o mundo online ou offline”, exemplifica.

Como vender pelo Facebook

Entre os novos recursos criados para vender pelo Facebook estão anúncios que guiam o usuário pelos produtos de uma marca específica sem redirecioná-lo para outro site. Por exemplo, um usuário que clicar no anúncio de uma loja de roupas poderá ver uma página expandida com diversos itens de vestuário.

O objetivo é que os usuários comprem roupas e outros artigos por meio do celular, sem nunca ter que sair do aplicativo da rede social. O foco do Facebook nessa funcionalidade acontece porque poucos usuários fazem compras no celular. A empresa de internet espera conquistar mais publicidade simplificando o procedimento. Compras em plataformas móveis representam menos de 2% de todas as vendas no varejo, de acordo com a empresa de pesquisas eMarketer.

A funcionalidade ainda está em fase de testes com um pequeno grupo de pessoas. Chamadas de Shopping e Canvas, a novidade promete permitir uma maior integração entre perfis e marcas.

O Shopping aparece na aba de Favoritos do Facebook e disponibiliza a nova sessão de Compras que o Facebook anunciou em setembro. Com ela, é possível usar uma barra de busca para facilitar a pesquisa por conteúdo. O usuário pode navegar pelas marcas e produtos que elas oferecem e comprar o que quiser.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus seguidores nas redes sociais.