Conheça história de 5 empreendedores de sucesso no Brasil

Deixar um comentário

O Brasil ficou na primeira posição na pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM), feita no Brasil pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e pelo Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBQP). Não é à toa que há uma lista tão grande de empreendedores de sucesso no Brasil.

O levantamento mundial, fruto da parceria entre a London Business School e o Babson College, mostra que três em cada dez brasileiros adultos entre 18 e 64 anos possuem uma empresa ou estão envolvidos com a criação de um negócio próprio. A taxa total de empreendedorismo no Brasil aumentou de 23%, em 2004, para 34,5% em 2014. Metade desses empreendedores abriu seu negócio há menos de três anos e meio.

Que tal conhecer uma lista de empreendedores de sucesso no Brasil, que fizeram acontecer por aqui e lá fora, para se inspirar?

Empreendedores de sucesso no Brasil

Luiza Trajano (Magazine Luiza)

Formada na Faculdade de Direito de Franca, em 1972, Luiza Trajano conseguiu transformar a loja fundada pelos tios no interior do estado de São Paulo em uma rede suficientemente forte para brigar com gigantes do segmento como Casas Bahia e Ponto Frio e se tornar uma das maiores varejistas do Brasil. Passou por diversos setores, como cobrança e vendas, antes de se tornar diretora-superintendente da rede.

Abílio Diniz (BRF)

A história de Abílio Diniz começa com o pai, imigrante português que, em 1948, abriu uma doçaria chamada Pão de Açúcar. Durante a infância e a juventude, dividiu seu tempo entre os estudos e os esportes. Formou-se na Escola de Administração de Empresas de São Paulo, mantida pela Fundação Getúlio Vargas, em São Paulo.

Ingressou na empresa do pai aos 20 anos, como gerente de vendas e, com as técnicas aprendidas nos Estados Unidos, em 1959 fundou o primeiro supermercado do grupo, que se tornou uma das maiores redes do país, formada por supermercados e lojas de eletrodomésticos. Tornou-se, em 1979, membro do Conselho Monetário Nacional, de onde sairia dez anos depois.

Além de presidente do Conselho de Administração da BRF, foi sócio da Companhia Brasileira de Distribuição (Pão de Açúcar, Extra e Assaí), além das eletros Ponto Frio e Casas Bahia através da sua empresa Globex S/A, se tornando um dos maiores empreendedores de sucesso no Brasil.

Luiz Seabra (Natura)

Luiz Seabra fundou a Natura em 1969, seguindo o modelo da Avon dos Estados Unidos. Em 2013, chegou a figurar na lista da Forbes de pessoas mais ricas do mundo, na posição 423. Sua fortuna pessoal se estima em mais de US$ 3 bilhões.

Empreendedores brasileiros com sucesso no exterior

Eduardo Saverin (Facebook)

O brasileiro Eduardo Saverin fundou, ao lado de Mark Zuckerberg, o Facebook. Saverin vive em Singapura desde 2009. Segundo ranking da Forbes, ele é o 13º brasileiro mais rico, com fortuna de R$ 9,5 bilhões. Saverin detém 2,5% das ações do Facebook e tem se dedicado a investir em startups de tecnologia, algumas delas em Singapura.

Empreendedores de sucesso no Brasil
Sede do Facebook, gigante que o brasileiro Eduardo Saverin ajudou a criar. Foto: iStock, Getty Images

Mike Krieger (Instagram)

O engenheiro de software Mike Krieger ficou conhecido como o co-fundador do Instagram. Nascido em São Paulo, Krieger se mudou para Palo Alto, na Califórnia, em 2004, para frequentar a Universidade Stanford, onde estudou sistemas simbólicos. Lá, conheceu Kevin Systrom. Os dois fundaram o Instagram em 2010.

Depois de ter trabalhado em algumas empresas voltadas para internet, foi convidado por Systrom para fazer parte de um projeto que estava sendo desenvolvido por ele. Inicialmente, a ideia dos dois era criar um aplicativo chamado “Burbn”, com o qual os usuários poderiam compartilhar sua localização, imagens e vídeos. Considerado complicado, ele foi simplificado e virou a rede social de fotos Instagram. Dois anos depois, a empresa foi comprada pelo Facebook por US$ 1 bilhão.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus seguidores nas redes sociais.