Site mobile ou aplicativo? Saiba como escolher

Deixar um comentário

Com o crescimento das opções de dispositivos móveis para acesso a internet, as empresas têm cada vez mais alternativas para divulgar seu produto na rede. Mas na hora de escolher a ferramenta mais adequada para seu negócio, o empreendedor pode ficar na dúvida: desenvolver um site mobile é o melhor ou devo optar pelo desenvolvimento de um aplicativo próprio?

A resposta pode variar conforme seu negócio e suas necessidades, mas em um ponto não há discussão: os smartphones conquistaram de vez o mercado e as empresas devem estar prontas para esta realidade.

De acordo com pesquisa feita pelo eMarketer em dezembro de 2013, havia mais de 4.33 bilhões de smartphones no mundo, o que representa 61,1% da população mundial. A expectativa é que o número chegue a 5.13 bilhões em 2017, o que significaria quase 70% da população.

site mobile
Entre as principais vantagens está a possibilidade de ficar melhor rankeado nos resultados do Google. Foto: iStock, Getty Images

Para ajudar o empreendedor a tirar suas dúvidas, listamos, abaixo, as vantagens do site mobile e também de ter um aplicativo da marca. Confira e escolha o melhor para seu negócio.

As vantagens do site mobile

Veja em quais aspectos o site mobile sai na frente.

Facilidade de acesso

Para acessar um site mobile, não há necessidade de fazer downloads no aparelho do consumidor. Qualquer smartphone equipado apenas com um navegador será capaz de acessar seu endereço. Lembre-se também que, mesmo no celular, as pessoas utilizam o Google para buscar o que desejam, e os clientes podem estar a apenas um toque na tela de encontrar seu site mobile.

Layout responsivo

Na hora de pensar um site mobile, a primeira meta deve ser o layout responsivo. Não trata-se de apenas um instrumento de design – o layout deve ser pensado para melhorar a experiência de navegação do usuário no seu site. Limites de resolução e quantidade de imagens são pontos a serem considerados na hora de pensar o desenvolvimento.

Indexadores do Google

O Google possui ferramentas próprias de ranqueamento das páginas, que consideram a otimização dos sites e outras variáveis. Os indexadores do Google complementam o tópico anterior, pois quanto mais responsivo é o layout, mais bem ranqueado o site mobile estará no Google. Esta norma obedece a atualização do algoritmo, datada de 21 de abril de 2015, quando a gigante da tecnologia passou a priorizar resultados mobile-friendly (amigos dos mobiles).

As vantagens do aplicativo

Já o aplicativo permite maior interação, principalmente para negócios que dependem do e-commerce. Veja as vantagens.

Empresas de e-commerce

Para empresas de e-commerce, que já possuem sites de vendas dos produtos, lançar um aplicativo pode potencializar o alcance da marca. Através dele, você pode oferecer os mesmos produtos.

Entre as estratégias adotadas por quem já usa aplicativos estão as notificações e as promoções exclusivas para os usuários. Um exemplo de sucesso de aplicativos para e-commerce é a Dafiti. O aplicativo da marca foi reconhecido como um dos melhores na categoria moda em 2014.

Divulgação de novidades

Caso sua empresa use aplicativos, você pode divulgar as principais novidades através de notificações nos smartphones dos clientes. É mais prático e rápido em relação às ferramentas usadas pelo site mobile, e pode ser mais efetivo que o e-mail marketing, por exemplo.

Interação com consumidores

Por oferecer mais oportunidades de interação com os consumidores da marca, o aplicativo pode ser uma boa ferramenta de divulgação. Se você tem uma marca de roupas e está lançando uma linha de produtos infantis, por exemplo, uma boa pedida pode ser lançar um jogo em formato de aplicativo. Isto pode gerar índices interessantes de marketing viral.

Avalie bem e invista

Agora que você entendeu quais as qualidades do site mobile e do aplicativo, já deve saber em qual vale a pena investir. Na verdade, pode vale a pena o esforço de ter os dois, dependendo do caso. Avalie as alternativas e o retorno que essas poderosas ferramentas de marketing trarão.

Gostou das dicas? Se você tem alguma sugestão ou comentário sobre os temas, não deixe de escrever um comentário. Aproveite para compartilhar esse conteúdo com seus amigos, colegas e colaboradores nas redes sociais.