Resoluções de ano novo para manter a saúde financeira da sua empresa

Deixar um comentário

Quando o assunto é o equilíbrio financeiro do seu negócio, é sempre hora de tomar cuidado. Mas não custa nada definir algumas resoluções de ano novo para garantir que os próximos meses sejam de estabilidade e crescimento.

Entre cuidados e dicas que ajudam no desenvolvimento dos objetivos, confira as sugestões do economista Bernardo Baggio para tornar 2016 um ano marcado por realizações.

4 cuidados para considerar nas resoluções de ano novo

Assim como já aconteceu em 2015, este ano promete ser de instabilidade econômica para o Brasil. Para quem administra um negócio, os reflexos podem ser diretos e intensos. Ou seja, não dá para descuidar.

resoluções de ano novo
Resoluções de anovo novo devem vir acompanhadas de muita reflexão. Foto: iStock, Getty Images

Não sabe nem por onde começar? Confira quatro pontos que certamente merecem a sua atenção antes de definir quais metas pretende atingir ao longo do ano:

1. Aumentos dos preços no custo dos produtos

Com a inflação em alta, os custos podem aumentar mais rapidamente do que é possível repassar aos preços sem afetar a demanda. Por isso, vale ficar atento a variações e ter paciência para negociar com os fornecedores.

2. Formação do preço de venda

O ano muda e com ele a tendência é que os preços fiquem mais caros. Não considerar aumentos dos custos na formação do valor de venda pode gerar perdas rápidas, como queda no faturamento, já insuficiente para dar conta de tudo que ainda precisa ser pago. Aqui o segredo está no planejamento.

3. Custos financeiros

Quer ver a sua empresa crescer ou precisa de um aumento no capital de giro? É preciso analisar, e muito, o cenário da empresa e do mercado. Lembre-se que algumas das receitas entram no caixa de maneira parcelada e que os juros envolvidos no empréstimo podem pesar.

Para Baggio, essa deve ser a última alternativa. O primeiro passo é identificar e buscar resolver as situações que geraram essa situação. Só depois, com um plano de resolução dos problemas, o dinheiro emprestado se torna uma opção.

Mas vale lembrar que, caso a situação e déficit persista, o empréstimo não vai ser mais do que uma solução a curto prazo para um problema que já pode ter se tornado permanente.

4. Tamanho da estrutura

A estrutura do seu negócio precisa ser avaliada constantemente, de acordo com o momento atual. Manter algo maior do que a demanda de vendas pode gerar custos desnecessário para aquele período.

Depois de anotar todas as dicas, você já está pronto para definir as resoluções de ano novo, agora com mais cautela e riscos menores de obter justamente o resultado oposto daquele que tanto esperava.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus seguidores nas redes sociais.