Entenda o que é e como implantar a gestão por competências

Deixar um comentário

Existem diversas formas de conduzir a gestão de uma empresa. Da mesma forma, existe uma infinidade de formas de gerir pessoas dentro das organizações. Entre elas está o modelo conhecido como gestão de competências? Você sabe do que se trata?

No mundo dos negócios, as empresas começaram a perceber que não basta apenas avaliar as capacidades técnicas dos colaboradores, como seus conhecimentos e habilidades. Para notar se um profissional tem todas as características necessárias para exercer uma determinada função, é preciso levar em conta também suas atitudes e seu perfil comportamental. É daí que parte o conceito da gestão de competências.

gestão por competências
Existem as competências que as pessoas já possuem e outras que podem ser adquiridas. Foto: iStock, Getty Images

Gestão de competências x modelo tradicional

Dentro do contexto corporativo, competência indica um conjunto de características apresentadas por uma pessoa que a ajudam a realizar as suas funções profissionais. Existem as competências que as pessoas já possuem e outras que podem ser adquiridas.

“Muitas corporações investem na formação do seu quadro funcional. Com um olhar estratégico e integrador, a competência pode ser vista como a somatória de bens individuais intangíveis. São atitudes, conhecimentos, habilidades, experiências, enfim, características que acrescentam valores econômicos e sociais dentro do ambiente organizacional”, explica a gerente de Recursos Humanos da Mega Sistemas Corporativos S/A, Mariana Almeida.

Dentro desse cenário, encontram-se os modelos de gestão de pessoas. Os tradicionais apresentam uma perspectiva passiva e reativa dos colaboradores e têm como papel recrutar e treinar pessoal, além de avaliar desempenhos e resultados.

Já a gestão por competências tem como foco a tríade negócios, mercado e desenvolvimento profissional permanente. “A implantação desse modelo traz uma perspectiva holística, preocupada com os aspectos estratégicos da organização e como está posicionada no mercado. Com ela, a empresa incentiva seus colaboradores a conversar e focar suas ações para o que consideram fundamentais para a qualidade de vida no trabalho e, juntos, trabalharem para alcançar o crescimento para ambos”, complementa Mariana.

Como implantar a gestão por competências

O objetivo da gestão por competências é entender quais são as competências organizacionais necessárias para o sucesso empresarial, desdobrá-las em competências profissionais e desenvolvê-las junto ao quadro de funcionários internos. Trata-se de uma metodologia de gestão moderna, focada nos negócios, no mercado e no desenvolvimento profissional permanente.

A gestão por competências é composta por alguns subsistemas, como mapeamento e descrição de competências, mensuração de competências, remuneração por competências, seleção por competências, desenvolvimento de competências, avaliação de desempenho por competências e plano de desenvolvimento por competências.

As empresas que adotam este tipo de gestão apresentam resultados animadores. “Incentivar a motivação gera um maior engajamento e resulta no alinhamento da estratégia corporativa. Com isso, a área de gestão de pessoas passa a orientar melhor as suas ações, planejamentos e políticas”, ensina Mariana.

“Dessa maneira, ela passa a recrutar com mais clareza e precisão, a avaliar com um maior embasamento e a desenvolver um plano de remuneração mais justo direcionado aos colaboradores, baseado nos objetivos e nas metas organizacionais”, conclui a gerente de RH.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus seguidores nas redes sociais.