Concurso do BID premia novas empresas dos setores criativo e cultural

Deixar um comentário

Se você possui uma empresa jovem na área da arte e cultura, não pode perder a oportunidade de torná-la mais forte e conhecida. Essa é a proposta do concurso realizado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em parceria com a plataforma Nexso, voltado às novas empresas desse segmento na América Latina e Caribe.

Fique de olho no calendário: as inscrições vão até o dia 1º de fevereiro. Curioso para saber como participar? Então siga a leitura e confira como inscrever a sua startup no concurso.

Como inscrever sua empresa

Para inscrever a sua empresa no concurso do BID, é preciso seguir alguns requisitos. Além de ser da Economia Laranja (indústrias criativas e culturais), as participantes precisam ter entre um e três anos de funcionamento e pelo menos dois dos fundadores com 18 anos ou mais.

Outra regra importante é que todos sejam integrantes de um dos 26 países membros da entidade realizadora. Se a empresa se encaixa nos requisitos, basta preencher o formulário de candidatura no site da Nexso.

Os interessados precisam, então, enviar duas cartas de recomendação, de um colaborador, cliente, organização ou instituição que valide o trabalho da startup compartilhando sua experiência. Ou seja, a solução criada pelas novas empresas já precisa estar em uso, seja com um produto mínimo viável (MVP) ou com uma versão definitiva.

Junto com esses documentos, deve ser enviado um vídeo criativo de no máximo dois minutos – em qualquer formato – respondendo perguntas como: quais são os planos de crescimento da empresa e quais sãos os seus diferencias para ganhar o concurso.

concurso do BID premia novas empresas
Concurso premia dez melhores startups da América Latina nos setores criativo e cultural. Foto: iStock, Getty Images

Processo seletivo é dividido em outras três etapas

Depois de inscritas, as empresas vão encarar a pré-seleção, a votação popular e a seleção final. Saiba mais sobre essas etapas:

1. Pré-seleção (1/2 a 7/3)

Nessa etapa, os especialistas da instituição realizadora do evento irão escolher as 20 melhores startups. Os critérios serão criatividade/inovação, mercado/posição competitiva e composição da equipe de trabalho.

2. Votação popular (14 a 23/3)

Após essa primeira triagem, as 20 concorrentes restantes participarão de uma votação popular, em que a mais votada será a vencedora. Os interessados poderão votar através do site da Nexso no período informado.

3. Seleção final (4/5)

Caso a sua empresa não seja a campeã no voto popular, existe a última etapa da seleção. Nela, um júri de especialistas escolherá as outras nove vencedoras. As três primeiras colocadas recebem, respectivamente, US$ 30, 15 e 7 mil.

Novas empresas participam do Construir Soluções 2016

Além da premiação em dinheiro, as dez novas empresas do setor criativo e cultural poderão se apresentar no Construir Soluções 2016, com todas as despesas pagas. Em sua quarta edição, o evento é uma oportunidade para você apresentar a sua startup para investidores, imprensa, especialistas do setor e clientes potenciais.

Somente um representante de cada empresa selecionada poerá participar do evento. Por isso, o BID recomenda que a pessoa que tiver apresentado a candidatura, preenchendo o formulário e aparecendo no vídeo, represente a startup.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus seguidores nas redes sociais.