Descubra quais os melhores setores para investir no México

Deixar um comentário

Opções de setores para investir no México não faltam. Uma das maiores economias da América Latina, dono de uma posição geográfica estratégica e com estabilidade macroeconômica, o país tem grandes oportunidades para quem deseja crescer.

Ficou interessado? Veja um panorama com dados de investimentos em território mexicano e descubra quais são as principais áreas para novas oportunidades.

setores para investir
O país está entre as principais economias da América Latina. Foto: iStock, Getty Images

5 setores para investir no México

De acordo com relatório da Conferência das Nações Unidas para Comércio e Desenvolvimento, em 2014 o México foi um dos 13 países mais atrativos do mundo para receber investimentos.

Se você quer aplicar o seu dinheiro ou empreender no país, conheça cinco dos melhores setores para investir, de acordo com o ProMéxico, órgão do governo federal encarregado de coordenar as estratégias de fortalecimento da economia internacional.

1. Automotivo

Em 2013, o país ocupava a oitava posição como produtor de veículos no mundo. Em termos de valores de exportação, por outro lado, o setor fica na quinta colocação, atrás apenas de Brasil, Rússia, Índia e China.

Além dos veículos leves, o cenário também é de destaque para os pesados, como é o caso dos caminhões. Produzidos em oito áreas diferentes do país, eles são uma aposta em desenvolvimento.

2. Elétrico

Entre 2003 e 2013, o setor teve um crescimento médio anual de 6,6%. Não é à toa que o México tem sido o principal provedor dos Estados Unidos para produtos de geração e distribuição de energia elétrica.

Empresas representativas do setor, como ABB, Alstom, General Electric, Furukawa Electric, Mitsubishi Electric, Schneider Electric e Siemens, para citar as principais, operam atualmente em território mexicano.

3. Alimentação

Somente os alimentos processados representam 24% do PIB de manufaturas, ainda que o México também ocupe posição de destaque na produção e exportação de produtos como o tomate, o café orgânico, hortaliças e carne.

Os resultados podem ser vistos em reflexo quanto analisado o IED captado em 2013. Foram quase US$ 734 milhões para a indústria alimentícia e outros US$ 70 milhões na agricultura, criação e exportação de animais.

4. Energias renováveis

Tendência em crescimento em todo o mundo, no México não é diferente. As energias renováveis estão entre os principais setores para investir. Se hoje elas são responsáveis por quase um quarto da capacidade elétrica, a expectativa é de que até 2050 represente pelo menos metade.

As principais apostas estão na energia eólica e solar. Com potencial em diferentes regiões, ainda falta o investimento necessário para que o setor cresça.

5. Indústria criativa

Outra área em pleno desenvolvimento no mundo – e, mais uma vez, o México pode ser uma boa escolha de investimento. De acordo com a KPMG, o país é o mais competitivo na América para o desenvolvimento de softwares, jogos e multimídia.

Para se ter uma ideia, os conteúdos produzidos no México são traduzidos em mais de 30 idiomas e chegam a mais de 1 bilhão de pessoas em 100 países de todo o mundo.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus seguidores nas redes sociais.

Matérias relacionadas