Análise de mercado simplificada: como garantir o sucesso da empresa

Deixar um comentário

Antes de criar uma empresa ou lançar um produto, é preciso mensurar as chances de sucesso. Para fazer isso, a principal ferramenta é a análise de mercado, que concentra as pesquisas em três eixos principais: concorrência, consumidores e fornecedores.

Parte fundamental do plano de negócios da empresa, a análise de mercado pode requerer o auxílio de uma assessoria especializada, além de pesquisas qualitativas e quantitativas. Entenda como agir para garantir o sucesso do projeto.

análise de mercado
Conhecer os futuros clientes, os concorrentes e os fornecedores é o primeiro passo para o sucesso da empresa. Foto: Shutterstock

Análise de mercado contraria os ideais de Steve Jobs

A necessidade de investir em uma análise de mercado é válida para a grande maioria das empresas, mas não configura, necessariamente, uma regra. Se você pretende criar produtos inovadores e idealizar novas necessidades para os consumidores, como a Apple fez, talvez essa pesquisa possa ser dispensada.

“Algumas pessoas dizem: ‘Dê aos consumidores o que eles querem’. Mas não é assim que eu penso. As pessoas não sabem do que precisam até que você mostre isso a elas. É por isso que eu nunca investi em pesquisa de mercado. Nossa tarefa é ler as coisas que ainda não estão na página”, argumenta Jobs na biografia publicada por Walter Isaacson.

Com essas premissas, a Apple revolucionou o mundo da tecnologia e alcançou um lucro histórico, tornando-se a maior empresa em valor de mercado da história – a Apple vale mais do que US$ 700 bilhões.

Como fazer uma análise de mercado

Mas se os seus objetivos são mais modestos e tudo o que você quer fazer é criar uma empresa que garanta conforto para a sua família, talvez seja interessante recorrer à análise de mercado para identificar as chances de sucesso da sua futura companhia. Para fazer isso, concentre sua análise em três eixos:

Consumidores

É preciso entender que, ao comprar produtos, os clientes desejam resolver problemas. Sua tarefa, portanto, é vender soluções, e a única maneira de fazer isso é compreendendo seu público-alvo em detalhes. Considere três aspectos principais:

Perfil: descubra a faixa etária do seu público-alvo, seu gênero, onde mora, com quem mora, onde trabalha, quanto ganha e qual a sua escolaridade.

Comportamento e interesses: que quantidade, com qual frequência, onde e por qual preço seu público compra o tipo de produto que você pretende oferecer?

Fatores decisivos: identifique o que leva as pessoas a decidirem pela compra. O preço, a qualidade, a marca, o prazo de entrega ou o atendimento?

Concorrência

Em primeiro lugar, descubra quem são seus principais concorrentes. Em seguida, visite-os e analise seus pontos fortes e fracos, identificando, principalmente, suas deficiências.

Observe a qualidade dos materiais utilizados, descubra o preço cobrado, anote as condições de pagamento à disposição dos clientes e analise o atendimento em geral.

Depois dessa pesquisa, você deverá responder se existe espaço para sua empresa e se é possível competir com a concorrência.

Fornecedores

Fornecedores são todas as pessoas e empresas que viabilizam as matérias-primas e os equipamentos necessários para a operacionalização da empresa. É preciso analisar ferramentas, móveis, utensílios, embalagens e serviços.

Esteja atento a questões como preço, qualidade, condições de pagamento e prazo de entrega, mantendo um cadastro atualizado de todas as empresas ou pessoas que já forneceram insumos para sua empresa.

A partir dos dados coletados, defina se é preciso realizar mudanças no projeto inicial, para que atenda a demanda, supere a concorrência e garanta a melhor relação custo-benefício com os fornecedores.