Entenda o que é clipping e por que a sua empresa deve contar com esse tipo de trabalho

Deixar um comentário

Você pode até saber o que é clipping, mas talvez você não imagina como adotá-lo no dia a dia da sua empresa pode ser útil para fortalecer a marca. Por essas e outras, contar com o trabalho de uma assessoria de imprensa é fundamental para quem se preocupa com a imagem da empresa.

Uma das principais ferramentas para monitorar resultados, o clipping costuma aparecer em conjunto com outras estratégias de comunicação que têm como objetivo colocar a empresa em destaque.

o que é clipping
Manter um clipping atualizado ajuda a entender qual é a imagem que a empresa transmite. Foto: iStock, Getty Images

Afinal, o que é clipping?

Definido como um processo contínuo de monitoramento de todos os materiais que são veiculados na mídia sobre um negócio ou instituição, entender o que é clipping é o primeiro passo para pensar sua ação de maneira estratégica.

Quando um veículo de imprensa produz uma matéria em que a sua empresa é citada, seja diretamente ou através de uma entrevista com alguém que representa a marca, é possível analisar que imagem está sendo transmitida.

Conforme explica Magda Pontes, assessora de imprensa na Vira Comunicação, ao juntar tudo o que foi dito na mídia é possível elaborar relatórios que ajudam justamente a responder essas e outras perguntas. O resultado é um planejamento mais eficiente.

Ou seja, o que será que aquela pequena nota ou grande reportagem diz sobre a reputação do seu negócio? Como aqueles materiais podem influenciar o modo de ação da empresa? É possível se antecipar a uma crise?

É importante destacar que o clipping não deve ser apenas quantitativo, como muitas empresas fazem. Sua marca pode ter sido citada cinco vezes em uma semana, mas esse número isolado não diz nada. Por exemplo, três menções podem ser positivas, uma neutra e outra negativa.

Também vale lembrar que não importa se o veículo de comunicação é um pequeno jornal impresso, um portal de notícias, uma emissora de rádio ou de televisão. Tudo deve ser reunido e analisado.

Conheça 3 técnicas para somar ao clipping

Para conseguir que uma marca seja destaque na mídia e gere materiais que possam ser analisados em um clipping, também é importante que a assessoria se dedique a desenvolver outras técnicas e ações. A seguir, você confere as três destacadas por Magda:

  1. Release: uma das principais fontes de atualização para a mídia, ele deve ser escrito como se fosse uma notícia, que dê conta de transmitir todas as informações básicas sobre a pauta da empresa que você deseja promover. Quando o conteúdo enviado para o jornalista está mal escrito ou sem os detalhes necessários, é bem provável que o seu release seja deixado de lado
  2. Mailing: ferramenta responsável por reunir os contatos de todos os jornalistas que a sua empresa pretende atingir. Com um mailing sempre atualizado e completo, fica mais fácil escrever o release com enfoque mais específico, rendendo resultados mais precisos
  3. Media training: fundamentais especialmente para o porta-voz de uma empresa, as técnicas de media training ensinadas pela assessoria ajudam a entender como se portar na hora de uma entrevista ou em qualquer situação que exija contato com os veículos de comunicação.

Agora que você sabe o que é clipping e qual sua importância, que tal aplicar esse método nos seus processos de comunicação? Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus seguidores nas redes sociais.

Matérias relacionadas