Quer vender pelo melhor preço? Veja como

Deixar um comentário

Fazer uma venda pelo melhor preço é uma verdadeira arte. De um lado, as necessidades de formação do valor do produto para manter seu negócio em pé. Do outro, a barganha do cliente, querendo sempre pagar menos. Confira aqui dicas para ampliar seus lucros ao mesmo tempo em que você conquista o cliente.

melhor preço
Para definir o preço, deve-se levar em conta custos de produção e valor praticado no mercado. Foto: iStock, Getty Images

Precificação do produto

Para você conseguir vender pelo melhor preço, primeiro deve entender como funciona a precificação dos produtos da sua empresa. Maurício Galhardo, sócio-diretor da Praxis Business e especialista em finanças, explica que existem duas formas de se calcular o preço de venda de um produto: ou com base nos custos ou analisando o mercado e os preços dos concorrentes. O ideal, no entanto, é unir as duas formas.

“Adotar o preço de venda de um produto pelo simples cálculo de seus valores pode fazer com que este produto deixe de ser condizente com o praticado no mercado. Por outro lado, adotar o valor somente pelo mercado também é um grande erro, pois, se não houver o cálculo dos custos, o produto pode ser vendido a preço abaixo do necessário para se pagar, gerando prejuízo para a empresa”, explica.

O cálculo do melhor preço de venda leva em conta quatro fatores, segundo o especialista em finanças: custo do produto (valor de compra no caso de ter sido adquirido pronto ou soma dos valores das matérias-primas e insumos, no caso de uma indústria), gastos variáveis (como impostos sobre vendas, comissões, embalagens), gastos fixos (gastos ocupacionais, com pessoal e despesas administrativas) e o percentual ou valor do lucro pretendido.

Com essas variáveis em mãos, chega-se ao preço de venda. Depois de calculado, ele deve ser comparado com o que a concorrência pratica para que você consiga alcançar o melhor preço.

“Se o custo calculado estiver abaixo do valor de mercado, isto permitirá ao empresário decidir se o venderá no valor calculado ou se aumentará segundo o valor de mercado, podendo obter boas margens de lucro. Se o preço calculado ficar acima do valor de mercado, vale a análise para redução dos gastos – ou mesmo da margem de lucro pretendida – com intuito de chegar a um preço competitivo para o produto”, afirma Galhardo.

O roteiro do melhor preço

Confira abaixo um roteiro para você dar ao produto o melhor preço na comparação com os competidores:

  1. Definir o custo real – considerando o valor de compra, impostos, frete e outros custos – para ter disponível para venda na sua empresa o produto ou serviço.
  2. Reconhecer o percentual de impostos incidentes sobre o faturamento da empresa.
  3. Calcular o percentual de participação dos custos fixos no faturamento médio mensal anual da empresa.
  4. Definir o percentual de comissão sobre as vendas.
  5. Estabelecer o percentual relativo ao frete de entrega ao cliente do produto ou serviço (transporte de empregados).
  6. Definir a margem de lucro, que acreditamos ser a ideal, para o produto ou serviço.
  7. Calcular o markup para o produto ou serviço.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus amigos nas redes sociais.

Matérias relacionadas